Corpo, geração e identidade: a marcha das vadias no brasil Reportar como inadecuado




Corpo, geração e identidade: a marcha das vadias no brasil - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Bila Sorj ;Sociedade e Estado 2014, 29 2

Autor: Carla Gomes

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=339932122007


Introducción



Sociedade e Estado ISSN: 0102-6992 revistasol@unb.br Universidade de Brasília Brasil Gomes, Carla; Sorj, Bila Corpo, geração e identidade: a Marcha das vadias no Brasil Sociedade e Estado, vol.
29, núm.
2, mayo-agosto, 2014, pp.
433-447 Universidade de Brasília Brasília, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=339932122007 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Corpo, geração e identidade: a Marcha das vadias no Brasil Recebido: 05.05.14 Aprovado: 16.06.14 Carla Gomes* & Bila Sorj** Resumo: Contrariamente às evocações do desaparecimento do movimento feminista, é possível identificar sua presença constante na sociedade brasileira, marcada por uma gama muito variada de identidades políticas, diferentes graus de institucionalização e diversos modos de expressão.
O objetivo deste artigo é explorar, a partir da análise da Marcha das vadias, os contrastes e continuidades entre diferentes gerações de feministas, especialmente em relação ao modo como a questão da diversidade e inclusão de gênero, raça, sexualidade e gerações vem sendo tratada. Palavras-chave: feminismo; Marcha das vadias; gerações; identidade. Introdução D sde o início dos anos 2000, a ideia de que o movimento feminista teria perdido a razão de ser e se tornado pouco atraente para as novas gerações de mulheres tem sido tema recorrente nos meios de comunicação.
Nos discursos mais comuns da mídia, as causas apontadas para o suposto fim do feminismo são variadas e mesmo opostas.
Enquanto para alguns a “crise” do movimento é explicada por seu fracasso em alcançar os objetivos almejados ou em manter sua “integridade” ideológica, para outros, é o seu extraordinário sucesso que o torna ...





Documentos relacionados