Tecidos, linhas e agulhas: uma narrativa para zuzu angel Reportar como inadecuado




Tecidos, linhas e agulhas: uma narrativa para zuzu angel - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Débora Pinguello Morgado ;Revista Tempo e Argumento 2015, 7 15

Autor: Ivana Guilherme Simili

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=338142233007


Introducción



Revista Tempo e Argumento E-ISSN: 2175-1803 tempoeargumento@gmail.com Universidade do Estado de Santa Catarina Brasil Simili, Ivana Guilherme; Pinguello Morgado, Débora Tecidos, linhas e agulhas: uma narrativa para Zuzu Angel Revista Tempo e Argumento, vol.
7, núm.
15, mayo-agosto, 2015, pp.
177-201 Universidade do Estado de Santa Catarina Florianópolis, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=338142233007 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto e-ISSN 2175-1803 Tecidos, linhas e agulhas: uma narrativa para Zuzu Angel Resumo Na década de 1960, enquanto a moda brasileira seguia os padrões europeus, Zuzu Angel proclamava, entre chitas e rendas, “eu sou a moda brasileira”.
O conteúdo do texto versa sobre a identificação das contribuições da produção estética de Zuzu Angel na criação de representações para a moda brasileira e também sobre a apropriação de tecidos pouco nobres, de panos usados para a decoração do lar e de trabalhos manuais de linha e agulha na construção de roupas feitas para a elite, o que se constitui em exemplo de reaproveitamento na moda.
A metodologia utiliza as roupas como textos-documentos para a narrativa de sua trajetória.
Associados à história da moda, das mulheres e aos conteúdos do filme “Zuzu Angel”, desvendamos aspectos da cultura feminina em suas relações com as domesticidades, a vida pública e política nos conturbados anos 1960 e 1970.
Com tecidos, linha e agulha, Zuzu escreveu uma história na moda e na luta contra a ditadura civil-militar. Ivana Guilherme Simili Doutora em História pela Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – Unesp (Assis).
Professora do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Estadual...





Documentos relacionados