Skinner, w. 1969. manufacturing - missing link in the corporate strategy. harvard business review , 47 3: 136-145. Reportar como inadecuado




Skinner, w. 1969. manufacturing - missing link in the corporate strategy. harvard business review , 47 3: 136-145. - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Revista Base Administração e Contabilidade da UNISINOS 2008, 5 1

Autor: ELY LAUREANO PAIVA

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=337228634008


Introducción



Revista Base (Administração e Contabilidade) da UNISINOS E-ISSN: 1984-8196 cd@unisinos.br Universidade do Vale do Rio dos Sinos Brasil LAUREANO PAIVA, ELY Skinner, W.
1969.
Manufacturing - Missing Link in the Corporate Strategy.
Harvard Business Review , 47 (3):136-145. Revista Base (Administração e Contabilidade) da UNISINOS, vol.
5, núm.
1, enero-abril, 2008, pp.
7778 Universidade do Vale do Rio dos Sinos São Leopoldo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=337228634008 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto BASE – Revista de Administração e Contabilidade da Unisinos 5(1):77-78, janeiro-abril 2008 c 2008 by Unisinos COMENTÁRIO Skinner, W.
1969.
Manufacturing - Missing Link in the Corporate Strategy.
Harvard Business Review, 47(3):136-145. ELY LAUREANO PAIVA elpaiva@unisinos.br 77a78_RS01_Ely.pmd 77 O que faz um artigo se tornar um clássico na área de Administração? Características como a perenidade, a importância para o desenvolvimento da área de conhecimento e o ineditismo à época da publicação seriam requisitos para que um artigo assim fosse considerado.
Certamente o artigo de Wickham Skinner publicado em 1969 na Harvard Business Review denominado “Manufacturing – Missing Link in the Corporate Strategy” atende a todos estes aspectos.
Além destes, pode-se adicionar seu tom quase profético, revelado pela antecipação à perda de competitividade que se abateria, em particular, sobre a indústria norte-americana e sobre a indústria ocidental, como um todo, com a emergência dos competidores asiáticos na década de 1980, em especial o Japão. Quando este foi publicado, Skinner e seu grupo eram vistos como estranhos no ninho na área de produção por considerar...





Documentos relacionados