Estabilidade temporal do inventário de habilidades sociais conjugais ihsc Reportar como inadecuado




Estabilidade temporal do inventário de habilidades sociais conjugais ihsc - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Miriam Bratfisch Villa ; Maura Glória de Freitas ; Almir Del Prette ;Avaliação Psicológica 2008, 7 1

Autor: Zilda Aparecida Pereira Del Prette

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=335027183009


Introducción



Avaliação Psicológica ISSN: 1677-0471 revista@ibapnet.org.br Instituto Brasileiro de Avaliação Psicológica Brasil Pereira Del Prette, Zilda Aparecida; Bratfisch Villa, Miriam; de Freitas, Maura Glória; Del Prette, Almir ESTABILIDADE TEMPORAL DO INVENTÁRIO DE HABILIDADES SOCIAIS CONJUGAIS (IHSC) Avaliação Psicológica, vol.
7, núm.
1, abril, 2008, pp.
67-74 Instituto Brasileiro de Avaliação Psicológica Ribeirão Preto, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=335027183009 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Avaliação Psicológica, 2008, 7(1), pp.
67-74 67 ESTABILIDADE TEMPORAL DO INVENTÁRIO DE HABILIDADES SOCIAIS CONJUGAIS (IHSC) Zilda Aparecida Pereira Del Prette1 - Universidade Federal de São Carlos Miriam Bratfisch Villa - Psicóloga Clínica Maura Glória de Freitas - Universidade Estadual de Londrina Almir Del Prette - Universidade Federal de São Carlos RESUMO Este estudo teve como objetivo testar a estabilidade temporal do Inventário de Habilidades Sociais Conjugais (IHSC), um instrumento de auto-relato com propriedades de validade e alguns indicadores de precisão estabelecidos em estudos anteriores.
A amostra foi constituída de 54 respondentes, de ambos os sexos, a maioria (81,5%) de díades marido-mulher que responderam ao IHSC em dois momentos (teste e reteste).
Os resultados indicaram correlações significativas e acima de 0,62 tanto para o escore geral como para os seis escores fatoriais do instrumento, verificando-se também que não houve diferença significativa entre os escores de teste e reteste, trazendo evidências adicionais sobre a confiabilidade e precisão do instrumento.
Discute-se a utilidade desta escala na pesquisa e na prática psicológica com c...





Documentos relacionados