Sintomas depressivos em idosos: análise dos itens da escala de depressão geriátrica Reportar como inadecuado




Sintomas depressivos em idosos: análise dos itens da escala de depressão geriátrica - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Maria Amélia de Campos Oliveira ; Odival Faccenda ;Acta Paulista de Enfermagem 2012, 25 4

Autor: Márcia Regina Martins Alvarenga

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=307023889003


Introducción



Acta Paulista de Enfermagem ISSN: 0103-2100 ape@unifesp.br Escola Paulista de Enfermagem Brasil Martins Alvarenga, Márcia Regina; de Campos Oliveira, Maria Amélia; Faccenda, Odival Sintomas depressivos em idosos: análise dos itens da Escala de Depressão Geriátrica Acta Paulista de Enfermagem, vol.
25, núm.
4, 2012, pp.
497-503 Escola Paulista de Enfermagem São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=307023889003 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Artigo Original Sintomas depressivos em idosos: análise dos itens da Escala de Depressão Geriátrica* Depressive symptoms in the elderly: analysis of the items of the Geriatric Depression Scale Síntomas depresivos en ancianos: análisis de los items de la Escala de Depresión Geriátrica Márcia Regina Martins Alvarenga1, Maria Amélia de Campos Oliveira2, Odival Faccenda3 RESUMO Objetivos: Verificar a estrutura fatorial da Escala de Depressão Geriátrica de 15 itens em uma amostra de idosos assistidos pela Estratégia Saúde da Família, descrever o perfil social e analisar as respostas aos itens da Escala de Depressão Geriátrica.
Métodos: Estudo de delineamento transversal com 503 idosos assistidos pela Estratégia Saúde da Família, em Dourados, MS.
Para analisar as respostas da EDG 15, utilizou-se o teste de Qui-quadrado de Mantel-Haenzsel (p 0,05).
A análise fatorial, a consistência interna e a generalidade dos resultados para a população foram realizadas.
Resultados: Dos 503 idosos pesquisados 69,0% eram mulheres, 53,1% não letrados, 53,7% tinham 70 anos ou mais e 34,4% apresentavam depressão.
A análise fatorial identificou quatro fatores (apatia, desesperança, desmotivação e isolamento).
A estrutura da EDG 15 n...





Documentos relacionados