Fatores de risco para trauma vascular durante a quimioterapia antineoplásica: contribuições do emprego do risco relativo Reportar como inadecuado




Fatores de risco para trauma vascular durante a quimioterapia antineoplásica: contribuições do emprego do risco relativo - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Caroline Guilherme ; Moacyr Lobo da Costa Júnior ; Emilia Campos de Carvalho ;Acta Paulista de Enfermagem 2012, 25 3

Autor: Cíntia Capucho Rodrigues

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=307023885020


Introducción



Acta Paulista de Enfermagem ISSN: 0103-2100 ape@unifesp.br Escola Paulista de Enfermagem Brasil Capucho Rodrigues, Cíntia; Guilherme, Caroline; Lobo da Costa Júnior, Moacyr; Campos de Carvalho, Emilia Fatores de risco para trauma vascular durante a quimioterapia antineoplásica: contribuições do emprego do risco relativo Acta Paulista de Enfermagem, vol.
25, núm.
3, 2012, pp.
448-452 Escola Paulista de Enfermagem São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=307023885020 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Artigo Original Fatores de risco para trauma vascular durante a quimioterapia antineoplásica: contribuições do emprego do risco relativo* Risk factors for vascular trauma during antineoplastic chemotherapy: contributions of the use of relative risk Factores de riesgo para el trauma vascular durante la quimioterapia antineoplásica: contribuciones del empleo del riesgo relativo Cíntia Capucho Rodrigues1, Caroline Guilherme2, Moacyr Lobo da Costa Júnior3, Emilia Campos de Carvalho4 RESUMO Objetivo: identificar a relação entre os fatores de risco para trauma vascular e o surgimento de eventos adversos de infiltração ou flebite por quimioterapia antineoplásica.
Métodos: Estudo de abordagem quantitativa observacional com 30 mulheres com câncer de mama.
Resultados: O tipo de material do cateter apresentou associação que sugere risco (RR=2,76; IC=1,199; 6,369); o fator velocidade de infusão apresentou RR=2,22; entretanto, IC= 0,7672; 6,436; os fatores trajetória, número de punção e mobilidade da veia apresentaram RR 1 mas não podem ser considerados como fatores de proteção.
Local de inserção e a visibilidade da veia apresentaram risco próximo a 1.
Conclusão: O u...





Documentos relacionados