Viabilidade de sementes de mucuna-preta em função do tamanho, da maturação e da secagem Report as inadecuate




Viabilidade de sementes de mucuna-preta em função do tamanho, da maturação e da secagem - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Cláudio Cavariani ; Claudemir Zucareli ; Cibele Chalita Martins ;Acta Scientiarum. Agronomy 2007, 29 1

Author: João Nakagawa

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=303026572015


Teaser



Acta Scientiarum.
Agronomy ISSN: 1679-9275 eduem@uem.br Universidade Estadual de Maringá Brasil Nakagawa, João; Cavariani, Cláudio; Zucareli, Claudemir; Chalita Martins, Cibele Viabilidade de sementes de mucuna-preta em função do tamanho, da maturação e da secagem Acta Scientiarum.
Agronomy, vol.
29, núm.
1, 2007, pp.
107-112 Universidade Estadual de Maringá Maringá, Brasil Disponible en: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=303026572015 Cómo citar el artículo Número completo Más información del artículo Página de la revista en redalyc.org Sistema de Información Científica Red de Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal Proyecto académico sin fines de lucro, desarrollado bajo la iniciativa de acceso abierto Viabilidade de sementes de mucunamucuna-preta em função do tamanho, da maturação e da secagem João Nakagawa*, Cláudio Cavariani, Claudemir Zucareli e Cibele Chalita Martins Departamento de Produção Vegetal, Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Cx.
Postal 237, 18603-970, Botucatu, São Paulo, Brasil.
*Autor para correspondência.
E-mail: secdamv@fca.unesp.br RESUMO.
O objetivo do trabalho foi estudar os efeitos do tamanho da semente e da forma de secagem, durante a maturação, sobre a qualidade fisiológica das sementes.
Rácemos foram colhidos semanalmente, a partir de 40 dias após 50% de florescimento (40 DAF) das plantas até o estádio de vagens secas (89 DAF).
As vagens foram separadas ao longo do eixo do rácemo, sendo a metade delas abertas, extraídas as sementes e estas postas para secarem em condições de ambiente de laboratório, sem controle de temperatura e U.R.
do ar; a outra metade foi deixada secar nas mesmas condições e as sementes foram extraídas após as vagens estarem secas.
As sementes secas foram classificadas por peneiras de crivo circular e calculada as porcentagens de retenção.
As retidas nas peneiras 26...





Related documents