Atuação das enzimas oxidativas no escurecimento causado pela injúria por frio em raízes de batata-baroa Report as inadecuate




Atuação das enzimas oxidativas no escurecimento causado pela injúria por frio em raízes de batata-baroa - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Fernando Luiz Finger ; Mário Puiatti ; Janaina Miranda Barbosa ; Raimundo Santos Barros ;Acta Scientiarum. Agronomy 2008, 30 1

Author: Luciana Nunes Menolli

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=303026577009


Teaser



Acta Scientiarum.
Agronomy ISSN: 1679-9275 eduem@uem.br Universidade Estadual de Maringá Brasil Nunes Menolli, Luciana; Finger, Fernando Luiz; Puiatti, Mário; Miranda Barbosa, Janaina; Santos Barros, Raimundo Atuação das enzimas oxidativas no escurecimento causado pela injúria por frio em raízes de batatabaroa Acta Scientiarum.
Agronomy, vol.
30, núm.
1, 2008, pp.
57-63 Universidade Estadual de Maringá Maringá, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=303026577009 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Atuação das enzimas oxidativas oxidativas no escurecimento causado pela injúria por frio em raízes de batatabatata-baroa Luciana Nunes Menolli1, Fernando Luiz Finger2*, Mário Puiatti2, Janaina Miranda Barbosa2 e Raimundo Santos Barros1 1 Departamento de Biologia Vegetal, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, Minas Gerais, Brasil.
2Departamento de Fitotecnia, Universidade Federal de Viçosa, Av.
Ph Rolfs, s-n, 36570-000, Viçosa, Minas Gerais, Brasil.
*Autor para correspondência.
E-mail: ffinger@ufv.br RESUMO.
Neste trabalho, as raízes de batata-baroa (Arracacia xanthorrhiza Bancroft) foram armazenas em câmaras frias, à temperatura de 5 e 10ºC, por 28 dias.
A cada sete dias, as raízes eram retiradas da condição de frio, e realizada análise visual dos sintomas de injúria por frio.
Em seguida, as raízes foram maceradas para determinação das atividades da peroxidase, polifenoloxidase e da concentração dos compostos fenólicos solúveis.
As temperaturas de 5 e 10ºC estimularam o escurecimento externo e interno das raízes durante o armazenamento, com maior intensidade para a temperatura de 5oC.
Em ambas as temperaturas, houve elevação da atividade da polifenoloxidase, ...





Related documents