Construção de vetor oric de mycoplasma hyopneumoniae - uma ferramenta para estudos genéticos do agente da pneumonia enzoótica suína Reportar como inadecuado




Construção de vetor oric de mycoplasma hyopneumoniae - uma ferramenta para estudos genéticos do agente da pneumonia enzoótica suína - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Acta Scientiae Veterinariae 2008, 36 1

Autor: BEATRIZ MACHADO TERRA LOPES

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=289021804024


Introducción



Acta Scientiae Veterinariae ISSN: 1678-0345 ActaSciVet@ufrgs.br Universidade Federal do Rio Grande do Sul Brasil MACHADO TERRA LOPES, BEATRIZ Construção de vetor oriC de Mycoplasma hyopneumoniae - uma ferramenta para estudos genéticos do agente da pneumonia enzoótica suína Acta Scientiae Veterinariae, vol.
36, núm.
1, 2008, pp.
88-89 Universidade Federal do Rio Grande do Sul Porto Alegre, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=289021804024 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Acta Scientiae Veterinarie.
36(1): 87-88, 2008. RESUMO DE DISSERTAÇÃO Construção de vetor oriC de Mycoplasma hyopneumoniae – uma ferramenta para estudos genéticos do agente da pneumonia enzoótica suína* BEATRIZ MACHADO TERRA LOPES Sérgio Ceroni da Silva (Orientador - UFRGS) Banca: Arnaldo Zaha (UFRGS), Itabajara da Silva Vaz Júnior (UFRGS), Luciane Maria Pereira Passaglia (UFRGS). Mycoplasma hyopneumoniae é o agente etiológico da pneumonia enzoótica, enfermidade distribuída mundialmente em rebanhos suínos nas fases de crescimento e terminação.
A pneumonia enzoótica tem sido considerada uma das mais importantes causas de perdas econômicas na suinocultura mundial.
Tendo em vista a disponibilidade dos genomas completos de três linhagens diferentes de M.
pneumoniae, sendo duas patogênicas (linhagens 7448 e 232) e outra não patogênica (linhagem J) e a ausência de sistemas genéticos adequados para o estudo destes genomas, é necessidade emergente o desenvolvimento de ferramentas genéticas funcionais neste organismo.
Atualmente, cinco espécies de micoplasmas possuem vetores replicativos para transformação.
No entanto nenhum deles possui a oriC de M.
hyopneumoniae, e estudos sugerem que estes ...





Documentos relacionados