Psicoterapia e bioética: aproximando conceitos, aperfeiçoando práticas Reportar como inadecuado




Psicoterapia e bioética: aproximando conceitos, aperfeiçoando práticas - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Luciana Balestrin Redivo ; Hericka Zogbi Jorge ; Marisa Campio Müller ;Psicologia em Estudo 2007, 12 3

Autor: Martha Wallig Brusius Ludwig

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=287122098017


Introducción



Psicologia em Estudo ISSN: 1413-7372 revpsi@uem.br Universidade Estadual de Maringá Brasil Wallig Brusius Ludwig, Martha; Balestrin Redivo, Luciana; Zogbi Jorge, Hericka; Campio Müller, Marisa Psicoterapia e bioética: aproximando conceitos, aperfeiçoando práticas Psicologia em Estudo, vol.
12, núm.
3, diciembre, 2007, pp.
603-608 Universidade Estadual de Maringá Maringá, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=287122098017 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto PSICOTERAPIA E BIOÉTICA: APROXIMANDO CONCEITOS, APERFEIÇOANDO PRÁTICAS * Martha Wallig Brusius Ludwig # Luciana Balestrin Redivo ¶ Hericka Zogbi Jorge æ Marisa Campio Müller RESUMO.
O presente artigo traz alguns questionamentos sobre a aproximação entre Psicologia, psicoterapia, formação e Bioética. Esta discussão surge por esta última disciplina estar em evidência nos tempos atuais, em virtude dos avanços tecnológicos da ciência como um todo.
Desta forma, considera-se pertinente falar em Bioética em todas as especialidades que, de algum forma, têm o ser humano como centro.
A Psicologia, por trabalhar com pessoas, representa uma especialidade capaz de concorrer grandemente para a solução dos dilemas encontrados na Bioética e contribuir com essa área do saber.
A partir daí, da mesma forma, procura-se entender como os princípios bioéticos podem ser transpostos para o processo psicoterapêutico.
O artigo propõe reflexões sobre questões como dilemas éticos que podem surgir no trabalho do psicólogo, o uso do Termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE) no processo psicoterápico, a formação profissional e outras.
Pretende-se, no artigo, tornar presentes alguns questionamentos pouco trabalhados, fazen...





Documentos relacionados