Relação entre variáveis psicossociais familiares e desempenho em leitura-escrita em crianças Reportar como inadecuado




Relação entre variáveis psicossociais familiares e desempenho em leitura-escrita em crianças - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Jerusa Fumagalli de Salles ;Psicologia Escolar e Educacional 2011, 15 2

Autor: Jacqueline Raquel Bianchi Enricone

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=282321817002


Introducción



Psicologia Escolar e Educacional ISSN: 1413-8557 revistaabrapee@yahoo.com.br Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional Brasil Bianchi Enricone, Jacqueline Raquel; Fumagalli de Salles, Jerusa Relação entre variáveis psicossociais familiares e desempenho em leitura-escrita em crianças Psicologia Escolar e Educacional, vol.
15, núm.
2, julio-diciembre, 2011, pp.
199-210 Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional Paraná, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=282321817002 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Relação entre variáveis psicossociais familiares e desempenho em leitura-escrita em crianças Jacqueline Raquel Bianchi Enricone Jerusa Fumagalli de Salles Resumo Este artigo analisa a relação entre fatores psicossociais familiares e o desempenho em leitura e escrita a partir de um estudo comparativo realizado através de entrevista semiestruturada com 29 familiares de dois grupos de alunos de 2ª série do ensino fundamental.
Por meio de avaliação neuropsicológica, os estudantes foram caracterizados em: com dificuldade de leitura e escrita e leitores e escritores competentes. As análises estatísticas evidenciaram associação significativa entre o grupo com dificuldade em leitura e escrita e as variáveis presença de transporte próprio na família, percepção dos familiares de que a criança teve dificuldades para aprender a ler e no desempenho da leitura, maior índice de repetência escolar e história familiar de dificuldade na leitura.
Os resultados demonstram a importância da análise de fatores psicossociais familiares para a compreensão da complexidade que envolve o desenvolvimento de habilidades de leitura e escrita em crianças. ...





Documentos relacionados