Transtorno alimentar e transmissão psíquica transgeracional em um adolescente do sexo masculino Reportar como inadecuado




Transtorno alimentar e transmissão psíquica transgeracional em um adolescente do sexo masculino - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Manoel Antônio dos Santos ;Psicologia Ciência e Profissão 2017, 37 1

Autor: Élide Dezoti Valdanha-Ornellas

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=282050111014


Introducción



Psicologia Ciência e Profissão ISSN: 1414-9893 revista@pol.org.br Conselho Federal de Psicologia Brasil Valdanha-Ornellas, Élide Dezoti; dos Santos, Manoel Antônio Transtorno Alimentar e Transmissão Psíquica Transgeracional em um Adolescente do Sexo Masculino Psicologia Ciência e Profissão, vol.
37, núm.
1, 2017, pp.
176-191 Conselho Federal de Psicologia Brasília, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=282050111014 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Psicologia: Ciência e Profissão Jan-Mar.
2017 v.
37 n°1, 176-191. https:--doi.org-10.1590-1982-370300287-15 Transtorno Alimentar e Transmissão Psíquica Transgeracional em um Adolescente do Sexo Masculino Élide Dezoti Valdanha-Ornellas Universidade de São Paulo, SP, Brasil. Manoel Antônio dos Santos Universidade de São Paulo, SP, Brasil. Resumo: A anorexia nervosa (AN) é um transtorno alimentar de etiopatogenia multifatorial. Cuidados maternos e a configuração vincular mãe-filho são considerados fatores primordiais para o desenvolvimento psicoemocional e podem influenciar no aparecimento e curso do transtorno.
Este estudo teve por objetivo investigar a transmissão psíquica dos cuidados em três gerações de uma família que tinha um de seus membros acometidos, buscando identificar os conteúdos transmitidos transgeracionalmente e suas possíveis relações com o desenvolvimento da AN.
Foram entrevistados três membros de uma família: avó materna, mãe e filho de 15 anos com diagnóstico de AN.
Os dados foram coletados por meio de roteiros de entrevista semiestruturada e analisados a partir do referencial teórico da transmissão psíquica transgeracional.
Os resultados apontam uma dinâmica familiar marcada por figur...





Documentos relacionados