Os fundamentos da técnica da transferência de 1895 a 1905 Reportar como inadecuado




Os fundamentos da técnica da transferência de 1895 a 1905 - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Leonardo Danziato ; Carlos José Cerqueira Veras Filho ; Rodrigo Barbosa Silva Quadros ; Gustavo Oliveira Carvalho ;Psicologia Ciência e Profissão 2017, 37 1

Autor: Fabiano Chagas Rabêlo

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=282050111011


Introducción



Psicologia Ciência e Profissão ISSN: 1414-9893 revista@pol.org.br Conselho Federal de Psicologia Brasil Chagas Rabêlo, Fabiano; Danziato, Leonardo; Cerqueira Veras Filho, Carlos José; Barbosa Silva Quadros, Rodrigo; Oliveira Carvalho, Gustavo Os Fundamentos da Técnica da Transferência de 1895 a 1905 Psicologia Ciência e Profissão, vol.
37, núm.
1, 2017, pp.
132-145 Conselho Federal de Psicologia Brasília, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=282050111011 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Psicologia: Ciência e Profissão Jan-Mar.
2017 v.
37 n°1, 132-145. https:--doi.org-10.1590-1982-3703003712015 Os Fundamentos da Técnica da Transferência de 1895 a 1905 Fabiano Chagas Rabêlo Universidade Federal do Ceará, CE, Brasil. Leonardo Danziato Universidade de Fortaleza, CE, Brasil. Carlos José Cerqueira Veras Filho Universidade Federal do Piauí, PI, Brasil. Rodrigo Barbosa Silva Quadros Universidade Federal do Ceará, CE, Brasil. Gustavo Oliveira Carvalho Universidade Federal do Piauí, PI, Brasil. Resumo: Este artigo é resultado de uma pesquisa bibliográfica, de caráter histórico e teórico, que investigou, de modo pormenorizado, a discussão em Freud sobre a transferência no período que vai de sua primeira descrição clínica até sua conceituação.
Partimos do pressuposto de que para problematizar o manejo da transferência na clínica, o modo pelo qual este conceito foi construído é tão elucidativo quanto o seu conteúdo teórico, salientando que a transferência está no cerne do debate sobre a especificidade do método psicanalítico, seu estatuto de cientificidade e sua aplicação em diferentes contextos.
Iniciamos com o comentário de sua descrição em 189...





Documentos relacionados