Autocuidado de pessoas com diabetes mellitus atendidas em serviço de urgência no méxico Reportar como inadecuado




Autocuidado de pessoas com diabetes mellitus atendidas em serviço de urgência no méxico - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Manoel Antônio dos Santos ; Tatiane Aparecida Martins ; Maria Lúcia Zanetti ;Revista Latino-Americana de Enfermagem 2010, 18 6

Autor: Irasema Romero Baquedano

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=281421937019


Introducción



Revista Latino-Americana de Enfermagem ISSN: 0104-1169 rlae@eerp.usp.br Universidade de São Paulo Brasil Romero Baquedano, Irasema; dos Santos, Manoel Antônio; Martins, Tatiane Aparecida; Zanetti, Maria Lúcia Autocuidado de pessoas com diabetes mellitus atendidas em serviço de urgência no México Revista Latino-Americana de Enfermagem, vol.
18, núm.
6, diciembre, 2010, pp.
Tela 1-Tela 9 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=281421937019 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Artigo Original Rev.
Latino-Am.
Enfermagem 18(6):[09 telas] nov-dez 2010 www.eerp.usp.br-rlae Autocuidado de pessoas com diabetes mellitus atendidas em serviço de urgência no México1 Irasema Romero Baquedano2 Manoel Antônio dos Santos3 Tatiane Aparecida Martins4 Maria Lúcia Zanetti5 Este estudo teve por objetivos determinar a capacidade de autocuidado de pessoas com diabetes mellitus tipo 2 e relacionar esse distúrbio com algumas variáveis sociodemográficas e clínicas. Participaram 251 pessoas que ingressaram em um hospital de urgência no México, em 2007. Os dados foram obtidos mediante entrevista domiciliar dirigida, utilizando-se de formulário, questionário e Escala de Capacidade de Autocuidado.
Para a análise, utilizou-se estatística descritiva e correlacional.
Os resultados mostraram que 83(33,5%) sujeitos apresentaram boa capacidade de autocuidado e 168(66,5%) capacidade regular.
Obteve-se correlação diretamente proporcional entre capacidade de autocuidado e anos de estudo (r=0,124; p 0,05) e negativa para religião (rs=-0,435; p 0,05) e tempo de evolução da doença (r=-0,667; p 0,05).
Concluise que a maioria das pessoas com diabetes mellitus tipo 2 apres...





Documentos relacionados