Atenção integrada às doenças prevalentes na infância e o enfoque nos cuidadores: revisão integrativa da literatura Reportar como inadecuado




Atenção integrada às doenças prevalentes na infância e o enfoque nos cuidadores: revisão integrativa da literatura - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Juliana Coelho Pina ; Débora Falleiros de Mello ;Revista Latino-Americana de Enfermagem 2011, 19 1

Autor: Vania Daniele Paranhos

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=281421953027


Introducción



Revista Latino-Americana de Enfermagem ISSN: 0104-1169 rlae@eerp.usp.br Universidade de São Paulo Brasil Paranhos, Vania Daniele; Coelho Pina, Juliana; Falleiros de Mello, Débora Atenção integrada às doenças prevalentes na infância e o enfoque nos cuidadores: revisão integrativa da literatura Revista Latino-Americana de Enfermagem, vol.
19, núm.
1, febrero, 2011, pp.
1-9 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=281421953027 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Rev.
Latino-Am.
Enfermagem 19(1):[09 telas] jan-fev 2011 www.eerp.usp.br-rlae Artigo de Revisão Atenção integrada às doenças prevalentes na infância e o enfoque nos cuidadores: revisão integrativa da literatura Vania Daniele Paranhos1 Juliana Coelho Pina2 Débora Falleiros de Mello3 A estratégia atenção integrada às doenças prevalentes na infância (AIDPI) aborda as doenças de maior prevalência na infância, o acolhimento da criança e família, a compreensão do problema e procedimentos eficazes.
O objetivo foi identificar, entre 1998 e 2008, publicações relativas à estratégia AIDPI com enfoque no cuidador.
Foi realizada revisão integrativa com evidências da literatura, nas bases de dados PubMed, LILACS e SciELO.
Os cuidadores sabem um ou mais sinais de alarme para infecção respiratória aguda, mas não para diarreia.
A pneumonia é percebida como grave doença infantil.
As habilidades comunicativas entre os profissionais de saúde capacitados na estratégia AIDPI e os não capacitados são diferentes.
O seguimento da saúde da criança é maior de acordo com a escolaridade do cuidador, os medicamentos fornecidos na consulta e o retorno.
Na saúde da criança, é rele...





Documentos relacionados