Rede social de usuários de álcool, sob tratamento, em um serviço de saúde mental Reportar como inadecuado




Rede social de usuários de álcool, sob tratamento, em um serviço de saúde mental - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Luciane Prado Kantorski ; Gabriela Pereira Vasters ; Margarita Antonia Villar Luis ;Revista Latino-Americana de Enfermagem 2011, 19 1

Autor: Jacqueline de Souza

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=281421953019


Introducción



Revista Latino-Americana de Enfermagem ISSN: 0104-1169 rlae@eerp.usp.br Universidade de São Paulo Brasil de Souza, Jacqueline; Prado Kantorski, Luciane; Pereira Vasters, Gabriela; Villar Luis, Margarita Antonia Rede social de usuários de álcool, sob tratamento, em um serviço de saúde mental Revista Latino-Americana de Enfermagem, vol.
19, núm.
1, febrero, 2011, pp.
1-8 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Available in: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=281421953019 How to cite Complete issue More information about this article Journals homepage in redalyc.org Scientific Information System Network of Scientific Journals from Latin America, the Caribbean, Spain and Portugal Non-profit academic project, developed under the open access initiative Rev.
Latino-Am.
Enfermagem Artigo Original 19(1):[08 telas] jan-fev 2011 www.eerp.usp.br-rlae Rede social de usuários de álcool, sob tratamento, em um serviço de saúde mental Jacqueline de Souza1 Luciane Prado Kantorski2 Gabriela Pereira Vasters3 Margarita Antonia Villar Luis4 O tratamento de usuários de álcool e drogas requer reflexão ampliada sobre a influência da família e outros grupos da rede social desses indivíduos.
Assim, este estudo, resultado de pesquisa qualitativa, objetivou averiguar a presença de usuários de drogas na rede social de indivíduos sob tratamento e as possíveis intervenções do serviço de saúde mental, na rede social de quatro usuários de álcool, no município de Alegrete, RS.
Foram utilizadas entrevistas com usuários e familiares, genograma e ecomapa.
Os resultados indicaram a presença de usuários de drogas na família e demais grupos das redes sociais e o grupo para dependentes químicos como principal intervenção nessas redes sociais.
Os resultados evidenciam a necessidade de direcionamento das ações de saúde mental para o desenvolvimento de vínculos saudáveis, ampliação da rede social e estruturação do grupo, de modo a proporcionar ben...





Documentos relacionados