A prática clínica do enfermeiro na atenção básica: um processo em construção Reportar como inadecuado




A prática clínica do enfermeiro na atenção básica: um processo em construção - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Cinira Magali Fortuna ; Lauren Suemi Kawata ; Silvana Martins Mishima ; Maria José Bistafa Pereira ;Revista Latino-Americana de Enfermagem 2011, 19 1

Autor: Silvia Matumoto

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=281421953017


Introducción



Revista Latino-Americana de Enfermagem ISSN: 0104-1169 rlae@eerp.usp.br Universidade de São Paulo Brasil Matumoto, Silvia; Fortuna, Cinira Magali; Suemi Kawata, Lauren; Martins Mishima, Silvana; Bistafa Pereira, Maria José A prática clínica do enfermeiro na atenção básica: um processo em construção Revista Latino-Americana de Enfermagem, vol.
19, núm.
1, febrero, 2011, pp.
1-8 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=281421953017 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Rev.
Latino-Am.
Enfermagem Artigo Original 19(1):[08 telas] jan-fev 2011 www.eerp.usp.br-rlae A prática clínica do enfermeiro na atenção básica: um processo em construção Silvia Matumoto1 Cinira Magali Fortuna1 Lauren Suemi Kawata2 Silvana Martins Mishima3 Maria José Bistafa Pereira4 Este estudo objetivou apresentar o movimento de ressignificação dos sentidos da prática clínica de enfermeiros, na atenção básica, em processo de qualificação, na perspectiva da clínica ampliada e educação permanente.
Realizou-se pesquisa-intervenção aprovada em comitê de ética.
Nove enfermeiros participaram do grupo de reflexão, de setembro a dezembro de 2008, em Ribeirão Preto, SP, Brasil.
Cartografou-se o processo de ressignificação dos sentidos proposto pela análise institucional.
Os resultados apontam que os enfermeiros percebem diferenças no fazer clínico, ao reconhecer o sentido da clínica centrada no usuário, os limites e tensões do cotidiano e a necessidade de respaldo da gerência e da equipe para o manejo de situações e problemas dos usuários.
Identificou-se a necessidade de abrir espaço na agenda para realizá-la.
Conclui-se que a prática clínica do enf...





Documentos relacionados