Sofrimento moral no cotidiano da enfermagem: traços ocultos de poder e resistência Reportar como inadecuado




Sofrimento moral no cotidiano da enfermagem: traços ocultos de poder e resistência - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Valéria Lerch Lunardi ; Guilherme Lerch Lunardi ; Jamila Geri Tomaschewski-Barlem ; Rosemary Silva da Silveira ;Revista Latino-Americana de Enfermagem 2013, 21 1

Autor: Edison Luiz Devos Barlem

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=281425765002


Introducción



Revista Latino-Americana de Enfermagem ISSN: 0104-1169 rlae@eerp.usp.br Universidade de São Paulo Brasil Devos Barlem, Edison Luiz; Lerch Lunardi, Valéria; Lerch Lunardi, Guilherme; Tomaschewski-Barlem, Jamila Geri; da Silveira, Rosemary Silva Sofrimento moral no cotidiano da enfermagem: traços ocultos de poder e resistência Revista Latino-Americana de Enfermagem, vol.
21, núm.
1, enero-febrero, 2013, pp.
1-8 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=281425765002 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Rev.
Latino-Am.
Enfermagem Artigo Original 21(1):[08 telas] jan.-fev.
2013 www.eerp.usp.br-rlae Sofrimento moral no cotidiano da enfermagem: traços ocultos de poder e resistência Edison Luiz Devos Barlem1 Valéria Lerch Lunardi1 Guilherme Lerch Lunardi1 Jamila Geri Tomaschewski-Barlem2 Rosemary Silva da Silveira1 Objetivo: conhecer as estratégias de resistência adotadas por trabalhadores de enfermagem, diante de situações de enfrentamento do sofrimento moral, numa perspectiva ética.
Método: realizouse pesquisa qualitativa, mediante entrevistas semiestruturadas, com quinze trabalhadores de enfermagem de um hospital universitário do extremo Sul do Brasil, através de análise textual discursiva e referencial teórico foucaultiano.
Resultados: foram construídas duas categorias: negação de si e do outro - em que se percebe que os trabalhadores de enfermagem podem executar ações que se pautam predominantemente por imobilismo e conformismo, evitando enfrentamentos de quem representa o poder, nas situações que lhes provocam sofrimento moral; possibilidade de cuidado de si e do outro - em que os trabalhadores de enfermagem, diante de situações q...





Documentos relacionados