O litoral e o mar em presidente kennedy: aspectos de uma maritimidade diferenciada no contexto capixaba Report as inadecuate




O litoral e o mar em presidente kennedy: aspectos de uma maritimidade diferenciada no contexto capixaba - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

MercatorRevista de Geografia da UFC 2009, 8 17

Author: Suéllem Araujo Cunha

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=273620611019


Teaser



Mercator - Revista de Geografia da UFC E-ISSN: 1984-2201 edantas@ufc.br Universidade Federal do Ceará Brasil Araujo Cunha, Suéllem O LITORAL E O MAR EM PRESIDENTE KENNEDY: ASPECTOS DE UMA MARITIMIDADE DIFERENCIADA NO CONTEXTO CAPIXABA Mercator - Revista de Geografia da UFC, vol.
8, núm.
17, septiembre-diciembre, 2009, p.
223 Universidade Federal do Ceará Fortaleza, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=273620611019 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 223 O LITORAL E O MAR EM PRESIDENTE KENNEDY: ASPECTOS DE UMA MARITIMIDADE DIFERENCIADA NO CONTEXTO CAPIXABA Msc.
Suéllem Araujo Cunha Mestrado em Geografia-UFC sinhaevangelista@hotmail.com O Espírito Santo desde sua colonização sempre manteve uma estreita ligação com o litoral e o mar, sendo, portanto, espaços valorizados tanto socioeconômicos quanto culturalmente.
Como veremos no decorrer da pesquisa, desenvolveuse principalmente nestes espaços e assim condicionou ao estado uma maritimidade marcante, com práticas marítimas tradicionais e modernas ocorrendo ao longo de toda sua costa, entretanto, muitas delas especialmente concentradas na Região Metropolitana de Vitória.
Todavia, o município de Presidente Kennedy, objeto de estudo desta pesquisa, apesar de ser litorâneo, se desenvolveu por diversos fatores principalmente socioeconômicos e culturais, praticamente de costas para o mar com sua sede distante cerca de 30 km do litoral.
Frente a esta aparente contradição entre o estado e o município me lancei a desvendar os motivos pelos quais ele assim se desenvolveu, ou seja, sem uma maritimidade marcante até o início do século XXI.
Para isso fez uso da análise diacrônica referente à história territorial do mesmo, tendo ...





Related documents