Deslocamentos cotidianos no espaço metropolitano: as trajetórias maracanaú-fortaleza Report as inadecuate




Deslocamentos cotidianos no espaço metropolitano: as trajetórias maracanaú-fortaleza - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

MercatorRevista de Geografia da UFC 2010, 9 20

Author: Francisco Oliveira de Sousa Neto

Source: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=273619430022


Teaser



Mercator - Revista de Geografia da UFC E-ISSN: 1984-2201 edantas@ufc.br Universidade Federal do Ceará Brasil Oliveira de Sousa Neto, Francisco DESLOCAMENTOS COTIDIANOS NO ESPAÇO METROPOLITANO: as trajetórias MaracanaúFortaleza Mercator - Revista de Geografia da UFC, vol.
9, núm.
20, septiembre-diciembre, 2010, p.
266 Universidade Federal do Ceará Fortaleza, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=273619430022 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 266 DESLOCAMENTOS COTIDIANOS NO ESPAÇO METROPOLITANO: as trajetórias Maracanaú-Fortaleza Msc.
Francisco Oliveira de Sousa Neto Programa de Pós-Graduação em Geografia-UFC oliveira_ufc@yahoo.com.br Na atualidade, ao mesmo tempo em que se aprofunda a divisão social e territorial do trabalho, as dinâmicas urbanas cada vez mais se integram, aumentam as velocidades dos fluxos de matéria (mercadorias, pessoas) e energia (informação) que permeiam os territórios metropolitanos.
Múltiplos são os sujeitos sociais e agentes (Estado, Capital) envolvidos nestes processos.
Assim, a mobilidade é uma condição necessária à vida nas cidades.
Com efeito, este trabalho tem por objetivo analisar em que contexto acontecem os deslocamentos pendulares ocorrentes na Região Metropolitana de Fortaleza, com origem na integração dos municípios de Maracanaú-Fortaleza.
É por meio dos deslocamentos cotidianos que se evidenciam a condição social do morador, as relações de poder e os conflitos, que permeiam a produção do espaço urbano metropolitano.
Em síntese, buscou-se compreender os limites e possibilidades estratégicas que a mobilidade traz ao morador no seu direito à cidade, a uma vida, a uma sociabilidade, transpondo a produção e o consumo...





Related documents