Gestão de competências: como os empregados percebem este modelo de gestão? Reportar como inadecuado




Gestão de competências: como os empregados percebem este modelo de gestão? - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Maria da Graça de Oliveira Carlos ; Fernando Antônio de Moura Avelino ;Revista de Ciências da Administração 2007, 9 18

Autor: Lydia Maria Pinto Brito

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=273520267003


Introducción



Revista de Ciências da Administração ISSN: 1516-3865 rca.cse@contato.ufsc.br Universidade Federal de Santa Catarina Brasil Pinto Brito, Lydia Maria; Oliveira Carlos, Maria da Graça de; Moura Avelino, Fernando Antônio de GESTÃO DE COMPETÊNCIAS: COMO OS EMPREGADOS PERCEBEM ESTE MODELO DE GESTÃO? Revista de Ciências da Administração, vol.
9, núm.
18, mayo-agosto, 2007, pp.
56-79 Universidade Federal de Santa Catarina Santa Catarina, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=273520267003 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto GESTÃO DE COMPETÊNCIAS: COMO OS EMPREGADOS PERCEBEM ESTE MODELO DE GESTÃO? Lydia Maria Pinto Brito Maria da Graça de Oliveira Carlos Fernando Antônio de Moura Avelino Resumo O estudo analisa as diretrizes orientadoras da concepção do modelo de Gestão por Competências, adotado em uma grande empresa concessionária de serviços em Fortaleza, a partir da percepção dos seus empregados.
A pesquisa analisa ainda o perfil dos empregados da companhia, o grau de satisfação com a avaliação de desempenho criado pelo novo modelo, e a existência de correlação entre elementos desse perfil e a percepção.
Realizou-se uma análise descritiva e quantitativa, de acordo com o modelo de Brito (2005) sobre o universo de 1.319 empregados, em maio de 2005, consultados por meio de uma survey com retorno de 683 respondentes.
Os resultados revelaram a preferência da base pelo Sistema Tradicional de Gestão e apontaram também que a percepção declarada pelos empregados evidencia abertura para as novas Políticas de Gestão de Pessoas sinalizadas no novo PCCS, o que significa disposição de cada trabalhador individualmente para desenvolver competências e agregar valor à ...





Documentos relacionados