Estresse no trabalho: estudo de caso com gerentes que atuam em uma instituição financeira nacional de grande porte Reportar como inadecuado




Estresse no trabalho: estudo de caso com gerentes que atuam em uma instituição financeira nacional de grande porte - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Clarissa Daguer Braga ; Antônio Luiz Marques ;Revista de Ciências da Administração 2008, 10 21

Autor: Luciano Zille Pereira

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=273520258008


Introducción



Revista de Ciências da Administração ISSN: 1516-3865 rca.cse@contato.ufsc.br Universidade Federal de Santa Catarina Brasil Zille Pereira, Luciano; Daguer Braga, Clarissa; Marques, Antônio Luiz ESTRESSE NO TRABALHO: ESTUDO DE CASO COM GERENTES QUE ATUAM EM UMA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA NACIONAL DE GRANDE PORTE Revista de Ciências da Administração, vol.
10, núm.
21, mayo-agosto, 2008, pp.
175-196 Universidade Federal de Santa Catarina Santa Catarina, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=273520258008 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto ESTRESSE NO TRABALHO: ESTUDO DE CASO COM GERENTES QUE ATUAM EM UMA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA NACIONAL DE GRANDE PORTE Luciano Zille Pereira1 Clarissa Daguer Braga2 Antônio Luiz Marques3 Resumo Com o objetivo de identificar os principais fatores causadores e diagnosticar o nível de estresse ocupacional na função gerencial em uma instituição financeira privada de âmbito nacional, com atuação na cidade de Belo Horizonte-MG, esta pesquisa, de natureza descritiva e explicativa, utilizando o MTEG (ZILLE, 2005), apontou a insegurança nas relações de trabalho, as metas super dimensionadas, o nível de cobrança excessiva, o quadro de funcionários aquém das necessidades da instituição e dificuldades nas relações pessoais, bem como algumas das principais causas de tensão excessiva no ambiente de trabalho, capazes de explicar níveis importantes de estresse para esta categoria funcional.
Os resultados revelaram que cerca de 150 dos 168 gerentes pesquisados, ou seja, 89,10% foram diagnosticados com um quadro de estresse.
Dentro desse diagnóstico, 59 gerentes (35,21%) apresentaram estresse de leve a moderado; 69 (40,97%) estresse intenso; e 22 (12,...





Documentos relacionados