Validade de construto e consistência interna da escala de autoestima de rosenberg para uma população de idosos brasileiros praticantes de atividades físicas Reportar como inadecuado




Validade de construto e consistência interna da escala de autoestima de rosenberg para uma população de idosos brasileiros praticantes de atividades físicas - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

C.B. Luft ; T.R. Benedetti ; G.Z. Mazo ;Motricidade 2012, 8 4

Autor: S.T. Meurer

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=273025193002


Introducción



Motricidade ISSN: 1646-107X motricidade.hmf@gmail.com Desafio Singular - Unipessoal, Lda Portugal Meurer, S.T.; Luft, C.B.; Benedetti, T.R.; Mazo, G.Z. Validade de construto e consistência interna da escala de autoestima de Rosenberg para uma população de idosos brasileiros praticantes de atividades físicas Motricidade, vol.
8, núm.
4, 2012, pp.
5-15 Desafio Singular - Unipessoal, Lda Vila Real, Portugal Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=273025193002 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Motricidade 2012, vol.
8, n.
4, pp.
5-15 © FTCD-FIP-MOC doi: 10.6063-motricidade.8(4).1548 Validade de construto e consistência interna da escala de autoestima de Rosenberg para uma população de idosos brasileiros praticantes de atividades físicas Construct validity and reliability in Rosenberg’s self-steem scale for Brazilian older adults who practice physical activities S.T.
Meurer, C.B.
Luft, T.R.
Benedetti, G.Z.
Mazo ARTIGO ORIGINAL | ORIGINAL ARTICLE RESUMO Objetivou-se investigar a validade de construto e a consistência interna da Escala de Autoestima de Rosenberg (RSES) (1965) para idosos brasileiros.
Participaram 292 idosos (67.54; DP = 6.90 anos) praticantes de atividades físicas na cidade de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.
Para analisar a validade de construto, realizou-se a análise fatorial, descrita em duas etapas: a análise dos componentes principais e a análise dos pesos fatoriais.
Após, procedeu-se à rotação oblíqua, por meio do método Oblimin.
Para verificar a consistência interna da escala, utilizou-se o coeficiente alfa de Cronbach. Observou-se a existência de dois fatores, que, juntos, explicaram 51% da variância total dos resultados da escala.
O primeiro des...





Documentos relacionados