Fotogrametria: fidedignidade e falta de objetividade na avaliação postural Reportar como inadecuado




Fotogrametria: fidedignidade e falta de objetividade na avaliação postural - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Y.L.
Mota ; A.C.R.
Viana ; M.C.
Santos ;Motricidade 2012, 8 1

Autor: M.F.
Glaner


Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=273023647009


Introducción



Motricidade ISSN: 1646-107X motricidade.hmf@gmail.com Desafio Singular - Unipessoal, Lda Portugal Glaner, M.F.; Mota, Y.L.; Viana, A.C.R.; Santos, M.C. Fotogrametria: Fidedignidade e falta de objetividade na avaliação postural Motricidade, vol.
8, núm.
1, 2012, pp.
78-85 Desafio Singular - Unipessoal, Lda Vila Real, Portugal Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=273023647009 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Motricidade 2012, vol.
8, n.
1, pp.
78-85 © FTCD-FIP-MOC doi:10.6063-motricidade.8(1).243 Fotogrametria: Fidedignidade e falta de objetividade na avaliação postural Photogrammetry: Reliability and lack of objectivity in posture evaluation M.F.
Glaner, Y.L.
Mota, A.C.R.
Viana, M.C.
Santos ARTIGO ORIGINAL | ORIGINAL ARTICLE RESUMO Para quantificar e eliminar a subjetividade na avaliação postural pode ser utilizada a fotogrametria.
O objetivo deste foi verificar a fidedignidade e a objetividade em medidas (ângulos, alinhamentos e comprimentos) obtidas por meio do Software para Avaliação Postural (SAPO).
Foram fotografadas 30 mulheres (idade = 22.4 ± 1.5 anos), nos planos anterior, posterior, lateral direita e esquerda.
Cada avaliadora (duas), individualmente, fez as marcações dos pontos anatômicos e o registro fotográfico. Uma semana após, cada uma digitalizou os pontos anatômicos nas fotos.
Este processo foi repetido por uma avaliadora uma semana após a primeira digitalização.
Para averiguar a fidedignidade e a objetividade foi utilizada a correlação de Pearson.
Das 29 medidas, em 26 pontos anatômicos foi obtida alta correlação (r = .85 a 1.0), em dois a correlação foi moderada (r = .61 a .78) e, somente em um ponto anatômico foi observada baixa correlação (r = ....





Documentos relacionados