Reparo do lóbulo da orelha partido: revisão da literatura e proposta de nova técnica Reportar como inadecuado




Reparo do lóbulo da orelha partido: revisão da literatura e proposta de nova técnica - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Luciana de Matos Lourenço ; Thais Helena Cardoso de Barros Matsuda ; Nelson Marcos Ferrari ;Surgical & Cosmetic Dermatology 2009, 1 3

Autor: Adriana Alves Ribeiro

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=265521005009


Introducción



Surgical & Cosmetic Dermatology ISSN: 1984-5510 revista@sbd.org.br Sociedade Brasileira de Dermatologia Brasil Alves Ribeiro, Adriana; Matos Lourenço, Luciana de; Cardoso de Barros Matsuda, Thais Helena; Ferrari, Nelson Marcos Reparo do lóbulo da orelha partido: revisão da literatura e proposta de nova técnica Surgical & Cosmetic Dermatology, vol.
1, núm.
3, 2009, pp.
141-144 Sociedade Brasileira de Dermatologia Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=265521005009 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Surgical & Cosmetic Dermatology 2009;1(3):141 Reparo do lóbulo da orelha partido: revisão da literatura e proposta de nova técnica Relato de técn cirúrgica Split ear lobe repair: literature review and new technique proposal RESuMo A fenda do lóbulo da orelha normalmente resulta de trauma súbito ou uso contínuo de brincos pesados. Dentre as diversas técnicas cirúrgicas propostas para a sua correção, a escolha dependerá do tipo de fenda existente, parcial ou total, e deverá permitir a menor chance de recidiva.
As correções da fenda total poderão ser feitas com ou sem preservação do orifício do brinco.
A fixação do lóbulo durante a intervenção é fundamental, qualquer que seja a técnica utilizada, e pode ser feita com abaixador de língua estéril ou pinça de calázio.
Para o procedimento cirúrgico, são utilizados pinça de Adson, tesoura íris e lâmina de bisturi 11 ou 15, sendo o fechamento da pele realizado com fio mononylon 5.0 ou 6.0.
Na nova técnica descrita, obtém-se, além da vantagem da manutenção do pertuito, maior segurança ao apoio do brinco com menores chances de recidiva. Palavras-chave: orelha, orelha externa, deformidades adquiridas da orelha, procedim...





Documentos relacionados