Capacidade predatória de ceraeochrysa cubana sobre aleurocanthus woglumi Reportar como inadecuado




Capacidade predatória de ceraeochrysa cubana sobre aleurocanthus woglumi - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

PAULO ROBERTO RODRIGUES ALVES ; WYARA JÉSSICA DIAS COSTA ; JACINTO DE LUNA BATISTA ; CARLOS HENRIQUE DE BRITO ;Revista Caatinga 2014, 27 3

Autor: ROBÉRIO DE OLIVEIRA

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Red de Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal Sistema de Información Científica DE OLIVEIRA, ROBÉRIO; RODRIGUES ALVES, PAULO ROBERTO; DIAS COSTA, WYARA JÉSSICA; DE LUNA BATISTA, JACINTO; DE BRITO, CARLOS HENRIQUE CAPACIDADE PREDATÓRIA DE Ceraeochrysa cubana SOBRE Aleurocanthus woglumi Revista Caatinga, vol.
27, núm.
3, julio-septiembre, 2014, pp.
177-182 Universidade Federal Rural do Semi-Árido Mossoró, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=237132104020 Revista Caatinga, ISSN (Versão impressa): 0100-316X caatinga@ufersa.edu.br Universidade Federal Rural do Semi-Árido Brasil Como citar este artigo Número completo Mais informações do artigo Site da revista www.redalyc.org Projeto acadêmico não lucrativo, desenvolvido pela iniciativa Acesso Aberto Universidade Federal Rural do Semi-Árido Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação http:--periodicos.ufersa.edu.br-index.php-sistema ISSN 0100-316X (impresso) ISSN 1983-2125 (online) CAPACIDADE PREDATÓRIA DE Ceraeochrysa cubana SOBRE Aleurocanthus woglumi1 ROBÉRIO DE OLIVEIRA2, PAULO ROBERTO RODRIGUES ALVES3, WYARA JÉSSICA DIAS COSTA3; JACINTO DE LUNA BATISTA4, CARLOS HENRIQUE DE BRITO5* RESUMO – O presente estudo verificou a capacidade de consumo de Ceraeochrysa cubana quando alimentado com ninfas de Aleurocanthus woglumi.
Os experimentos foram conduzidos no Laboratório de Entomologia do Departamento de Fitotecnia e Ciências Ambientais da Universidade Federal da Paraíba – Areia-PB.
Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial.
A pesquisa foi conduzida em câmaras climatizadas, reguladas à 26 ± 2ºC, umidade relativa de 70 ± 10% e fotofase de 12 horas.
A predação de C.
cubana foi avaliada para os três instares larvais (1º, 2º e 3º), tendo como presa, ninfas de 1º, 2º, 3º ou 4º instares de A.
woglumi, com 10 repetições por tratamento.
As larvas eram individualizadas em placas ...





Documentos relacionados