Mobilidade funcional e função executiva em idosos diabéticos e não diabéticos Report as inadecuate




Mobilidade funcional e função executiva em idosos diabéticos e não diabéticos - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Daniele S. Pereira ; Daniela M. C. Anjos ;Revista Brasileira de Fisioterapia 2010, 14 6

Author: Patrícia P. Alvarenga

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista Brasileira de Fisioterapia ISSN: 1413-3555 rbfisio@ufscar.br Associação Brasileira de Pesquisa e PósGraduação em Fisioterapia Brasil Alvarenga, Patrícia P.; Pereira, Daniele S.; Anjos, Daniela M.
C. Mobilidade funcional e função executiva em idosos diabéticos e não diabéticos Revista Brasileira de Fisioterapia, vol.
14, núm.
6, noviembre-diciembre, 2010, pp.
491-496 Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia São Carlos, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=235016583007 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto ISSN 1413-3555 Artigo Original Rev Bras Fisioter, São Carlos, v.
14, n.
6, p.
491-6, nov.-dez.
2010 Revista Brasileira de Fisioterapia © Mobilidade funcional e função executiva em idosos diabéticos e não diabéticos* Functional mobility and executive function in elderly diabetics and non-diabetics* Patrícia P.
Alvarenga1, Daniele S.
Pereira2, Daniela M.
C.
Anjos2,3 Resumo Contextualização: Idosos diabéticos tendem a ter declínio da funcionalidade motora e a apresentar déficits cognitivos relacionados a processos mais complexos, como a função executiva, o que pode levar a um maior risco de quedas.
Objetivos: Comparar idosos com e sem diabetes tipo 2 quanto à mobilidade funcional, ao risco de quedas e à função executiva e verificar a correlação entre essas variáveis.
Métodos: Participaram do estudo 40 idosos da comunidade, divididos em dois grupos: G1, idosos com diabetes tipo 2 e G2, idosos sem diabetes, sendo os grupos semelhantes quanto ao gênero, idade e índice de massa corporal.
A mobilidade funcional e o risco de quedas foram avaliados pelo Timed Up and Go (TUG e TUGcognitivo), e a função executiva, pelo test...





Related documents