Relação entre força de tosse e nível funcional em um grupo de idosos Report as inadecuate




Relação entre força de tosse e nível funcional em um grupo de idosos - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Cássio C. Ibiapina ; Cristina G. Alvim ; Raquel R. Britto ; Verônica F. Parreira ;Revista Brasileira de Fisioterapia 2010, 14 6

Author: Fábia S. Freitas

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista Brasileira de Fisioterapia ISSN: 1413-3555 rbfisio@ufscar.br Associação Brasileira de Pesquisa e PósGraduação em Fisioterapia Brasil Freitas, Fábia S.; Ibiapina, Cássio C.; Alvim, Cristina G.; Britto, Raquel R.; Parreira, Verônica F. Relação entre força de tosse e nível funcional em um grupo de idosos Revista Brasileira de Fisioterapia, vol.
14, núm.
6, noviembre-diciembre, 2010, pp.
470-476 Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia São Carlos, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=235016583004 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto ISSN 1413-3555 Rev Bras Fisioter, São Carlos, v.
14, n.
6, p.
470-6, nov.-dez.
2010 © Revista Brasileira de Fisioterapia Artigo Original Relação entre força de tosse e nível funcional em um grupo de idosos Relationship between cough strength and functional level in elderly Fábia S.
Freitas1, Cássio C.
Ibiapina2, Cristina G.
Alvim2, Raquel R.
Britto3, Verônica F.
Parreira3 Resumo Contextualização: A força muscular respiratória é influenciada pelo envelhecimento.
Objetivos: Avaliar, em uma população de idosos saudáveis, a influência da atividade física e do nível funcional sobre parâmetros da função pulmonar, sobre a força da musculatura respiratória e sobre a tosse.
Métodos: Estudo observacional em que foram incluídos 61 idosos com idade igual ou superior a 60 anos (72,3±7,2 anos), com espirometria normal.
Foram avaliados: pressão inspiratória máxima (PImax), pressão expiratória máxima (PEmax), pico de fluxo expiratório (PFE), pico de fluxo da tosse (PFT) e perfil de atividade humana (PAH).
Os idosos foram divididos em dois grupos (ativo e moderadamente ativo) classificados confo...





Related documents