Influência do tabagismo atual na aderência e nas respostas à reabilitação pulmonar em pacientes com dpoc Report as inadecuate




Influência do tabagismo atual na aderência e nas respostas à reabilitação pulmonar em pacientes com dpoc - Download this document for free, or read online. Document in PDF available to download.

Selma D. Squassoni ; José Alberto Neder ; Elie Fiss ;Revista Brasileira de Fisioterapia 2010, 14 1

Author: Vivian T. S. Santana

Source: http://www.redalyc.org/


Teaser



Revista Brasileira de Fisioterapia ISSN: 1413-3555 rbfisio@ufscar.br Associação Brasileira de Pesquisa e PósGraduação em Fisioterapia Brasil Santana, Vivian T.
S.; Squassoni, Selma D.; Neder, José Alberto; Fiss, Elie Influência do tabagismo atual na aderência e nas respostas à reabilitação pulmonar em pacientes com DPOC Revista Brasileira de Fisioterapia, vol.
14, núm.
1, enero-febrero, 2010, pp.
16-23 Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia São Carlos, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=235016573004 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto ISSN 1413-3555 Artigo Original Rev Bras Fisioter, São Carlos, v.
14, n.
1, p.
16-23, jan.-fev.
2010 © Revista Brasileira de Fisioterapia Influência do tabagismo atual na aderência e nas respostas à reabilitação pulmonar em pacientes com DPOC Influence of current smoking on adherence and responses to pulmonary rehabilitation in patients with COPD Vivian T.
S.
Santana1,2, Selma D.
Squassoni3, José Alberto Neder4,5, Elie Fiss4 Resumo Objetivo: Investigar o possível efeito modulador do tabagismo atual na aderência e nos efeitos da reabilitação pulmonar (RP) em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC).
Métodos: Em um estudo prospectivo, 18 pacientes ex-tabagistas e 23 tabagistas atuais (GOLD estádios II-IV) foram incluídos num programa multidisciplinar de RP com duração de 12 semanas.
Os pacientes foram submetidos à avaliação clínica e à de variáveis subjetivas (dispneia e qualidade de vida) e objetivas (composição corporal, função pulmonar e teste da caminhada de 6 minutos).
Nos pacientes tabagistas, obteve-se o nível de dependência da nicotina pela escala de Fagerströ...





Related documents