Karl jaspers e a abordagem fenomenológica em psicopatologia Reportar como inadecuado




Karl jaspers e a abordagem fenomenológica em psicopatologia - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental 2005, VIII 4

Autor: Adriano Carvalho Tupinambá Rodrigues

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental ISSN: 1415-4714 psicopatologiafundamental@uol.com.br Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental Brasil Carvalho Tupinambá Rodrigues, Adriano Karl Jaspers e a abordagem fenomenológica em psicopatologia Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol.
VIII, núm.
4, diciembre, 2005, pp.
754768 Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=233017491012 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto R E V I S T A LATINOAMERICANA DE PSICOPATOLOGIA F U N D A M E N T A L ano VIII, n.
4, dez-2 0 05 Rev.
Latinoam.
Psicopat.
Fund., VIII, 4, 754-768 Karl Jaspers e a abordagem fenomenológica em psicopatologia Adriano Carvalho Tupinambá Rodrigues Introdução Karl Jaspers (1883-1969) nasceu em Oldenburg, cidade alemã próxima ao litoral do Mar do Norte, numa família de classe média. Sua diligente mãe procedia de uma comunidade camponesa, assim como seu pai, um bem-sucedido advogado e diretor bancário.
Também foi através do direito o primeiro contato de Jaspers com a universidade.
Após breve passagem por aquele curso trocou-o pela medicina, graduando-se em Heidelberg em 1908.
Havendo apresentado, desde a infância, saúde débil e limitadas capacidades físicas, a vida sempre lhe exigiu cuidadosa administração das atividades que desempenhava.
Além da possibilidade de reunir seus interesses por ciências naturais e humanas numa única atividade, seu ingresso nos estudos em psiquiatria se deu, em 1909, também em função de crer que a atuação em psicopatologia – requerendo-lhe menos desgaste físico do que intelectual – seria sua me...





Documentos relacionados