Notícia sobre a evolução da assistência a alienados no brasil 1905 Reportar como inadecuado




Notícia sobre a evolução da assistência a alienados no brasil 1905 - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental 2011, 14 4

Autor: Juliano Moreira

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental ISSN: 1415-4714 psicopatologiafundamental@uol.com.br Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental Brasil Moreira, Juliano Notícia sobre a evolução da assistência a alienados no Brasil (1905) Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol.
14, núm.
4, diciembre, 2011, pp.
728768 Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=233021455012 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto R E V I S T A L AT I N OA M E R I C A N A DE PSICOPATOLOGIA F U N D A M E N T A L Rev.
Latinoam.
Psicopat.
Fund., São Paulo, v.
14, n.
4, p.
728-768, dezembro 2011 Notícia sobre a evolução da assistência a alienados no Brasil (1905)* Juliano Moreira Descoberto e colonizado como foi o Brasil por um povo em que os bons princípios de assistência a alienados custaram a ter dedicados adeptos, seria quase utopia esperar fosse dos primeiros países a cuidar convenientemente de seus insanos.
Já é mesmo motivo para desvanecimento não tivesse ele tido parte na vasta hecatombe de pobres mentecaptos com que a Europa, em nome de Cristo, deu larga mostra da alta barbaria daqueles tempos, aguilhoada pela fanática ignorância de suas massas populares. A população que para cá emigrou, além de pouco densa, vivia preocupada em geral com seus sonhos de riqueza.
Não havia tempo para organizar autos de fé em perseguição de demoníacos. Ademais, era suficientemente vasto o território devoluto onde esses pudessem passear sua insânia. 728 * Transcrito de Archivos Brasileiros de Psychiatria, Neurologia e Sciencias Affins, vol.1, n.
1, p. 52-98, 1905. Ali, o au...





Documentos relacionados