Clivagem mortífera e guardiã de eros Reportar como inadecuado




Clivagem mortífera e guardiã de eros - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Marta Rezende Cardoso ;Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental 2011, 14 4

Autor: Gabriela Maldonado Borges

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental ISSN: 1415-4714 psicopatologiafundamental@uol.com.br Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental Brasil Maldonado Borges, Gabriela; Rezende Cardoso, Marta Clivagem mortífera e guardiã de Eros Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol.
14, núm.
4, diciembre, 2011, pp.
599610 Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=233021455002 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Rev.
Latinoam.
Psicopat.
Fund., São Paulo, v.
14, n.
4, p.
599-610, dezembro 2011 Clivagem mortífera e guardiã de Eros* Gabriela Maldonado Borges Marta Rezende Cardoso Nossa hipótese postula a clivagem como recurso funcional radical de sobrevivência psíquica ante uma experiência subjetiva traumática.
Como estratégia de adaptação à realidade traumática, a clivagem é guardiã de Eros ou da sobrevivência psíquica, como se para sobreviver fosse necessário “matar” um pedaço de si.
Nosso fio condutor será essa ambiguidade que situa o clivado entre Thanatos e Eros. Palavras-chave: Trauma, clivagem, Eros, Thanatos * Este trabalho é um recorte específico da tese de doutorado de Gabriela M.
Borges, “Neurose traumática: fundamentos e destinos”.
Esta pesquisa encontra-se em andamento desde Agosto de 2007, no Programa de Pós-Graduação em Teoria Psicanalítica da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ (Rio de Janeiro, RJ, Br), sob a orientação da professora doutora Marta Rezende Cardoso e subvencionada com recursos da CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Brasília, DF, Brasil). Parte do pre...





Documentos relacionados