Da prática privada da perversão Reportar como inadecuado




Da prática privada da perversão - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental 2014, 17 3

Autor: Mathilde Saïet

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental ISSN: 1415-4714 psicopatologiafundamental@uol.com.br Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental Brasil Saïet, Mathilde Da prática (privada) da perversão Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, vol.
17, núm.
3, septiembre, 2014, pp.
775-786 Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=233037803017 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Rev.
Latinoam.
Psicopat.
Fund., São Paulo, 17(3-Suppl.), 775-786, set.
2014 http:--dx.doi.org-10.1590-1415-4714.2014v17n3-Suppl.p775.17 Da prática (privada) da perversão*1 Mathilde Saïet*2 Elas têm vinte, trinta, quarenta ou setenta anos, e possuem a particularidade de terem conservado um objeto transicional, um “doudou”, pequeno pedaço de tecido ou pelúcia surrada remontando à primeira infância, que lhes proporcionam uma sensação “única”, convocando um sentimento de quietude e de alegria, dos quais elas não podem — nem querem — se abster.
Essa persistência do “objeto transicional” abre uma dupla interrogação sobre, de um lado, a natureza e o estatuto desse objeto e, de outro lado, a existência de um fetichismo específico, próprio ao sexo feminino, convocando, desse modo, um erotismo singular. Palavras-chave: Objeto transicional, fetiche, feminilidade, perversão *1 Trabalho apresentado no Colóquio Internacional sobre a Metapsicologia da Perversão, Laços Sociais da Perversão, realizado em Recife, PE nos dias 26, 27 e 28 de agosto de 2013. *2 Université Catholique de l’Ouest – UCO (Angers, France). R E V I S T A LATINOAMERICANA DE P S I C O P A T ...





Documentos relacionados