Manejo da crise: encaminhamento e internação psiquiátrica em questão Reportar como inadecuado




Manejo da crise: encaminhamento e internação psiquiátrica em questão - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Magda Bezerra Diniz Dimenstein ;Arquivos Brasileiros de Psicologia 2014, 66 3

Autor: Maura Lima Bezerra e Silva

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Arquivos Brasileiros de Psicologia ISSN: 0100-8692 arquivosbrap@psicologia.ufrj.br Universidade Federal do Rio de Janeiro Brasil Lima Bezerra e Silva, Maura; Bezerra Diniz Dimenstein, Magda Manejo da crise: encaminhamento e internação psiquiátrica em questão Arquivos Brasileiros de Psicologia, vol.
66, núm.
3, 2014, pp.
31-46 Universidade Federal do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=229035339004 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto ARTIGOS Manejo da crise: encaminhamento e internação psiquiátrica em questão Maura Lima Bezerra e SilvaI Magda Diniz Bezerra DimensteinII Manejo da crise: encaminhamento e internação psiquiátrica em questão Resumo A atenção à crise é estratégica na Rede de Atenção Psicossocial, sendo ainda um desafio.
Nesse âmbito, discute-se, entre os recursos utilizados em um CAPS II, o encaminhamento ao Serviço de Emergência Psiquiátrica e a internação psiquiátrica, na perspectiva da Atenção Psicossocial.
O estudo, caracterizado como Pesquisa Intervenção e inspirado na Análise Institucional, utilizou entrevistas e rodas de conversas com trabalhadores do Serviço.
Identificou-se uma utilização implicada, mas com dificuldades no manejo dos casos de crise grave.
Algumas fragilidades da Rede, como a não garantia de acolhimento noturno e a falta de leitos integrais, impõem um estreitamento da atenção à crise nos CAPS II.
A conexão entre crise e risco de periculosidade surge como fator que reforça a construção dessa resposta à crise.
Nesse contexto, destaca-se a dificuldade da Rede em construir uma resposta à crise, integral e contínua, aspecto que problematiza as diretrizes e o funcionamento do modelo p...





Documentos relacionados