Diga-me onde andas, que te direi quem és: identidades culturais na comunidade brasileira da marca johnnie walker Reportar como inadecuado




Diga-me onde andas, que te direi quem és: identidades culturais na comunidade brasileira da marca johnnie walker - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Thiago Ianatomi ; Rodrigo César Tavares Cavalcanti ;Revista de AdministraçãoRAUSP 2015, 50 3

Autor: André Luiz Maranhão de Souza Leão

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



Revista de Administração - RAUSP ISSN: 0080-2107 rausp@edu.usp.br Universidade de São Paulo Brasil Maranhão de Souza Leão, André Luiz; Ianatomi, Thiago; Tavares Cavalcanti, Rodrigo César Diga-me onde andas, que te direi quem és: identidades culturais na comunidade brasileira da marca Johnnie Walker Revista de Administração - RAUSP, vol.
50, núm.
3, julio-septiembre, 2015, pp.
369-380 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=223442170008 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto ISSN 0080-2107 Diga-me onde andas, que te direi quem és: identidades culturais na comunidade brasileira da marca Johnnie Walker André Luiz Maranhão de Souza Leão Universidade Federal de Pernambuco – Recife-PE, Brasil Thiago Ianatomi Universidade Federal de Pernambuco – Recife-PE, Brasil Rodrigo César Tavares Cavalcanti Universidade Federal de Pernambuco – Recife-PE, Brasil Os autores agradecem ao apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que financiou a pesquisa que deu origem a este artigo. Recebido em 17-fevereiro-2014 Aprovado em 13-fevereiro-2015 Sistema de Avaliação: Double Blind Review Editor Científico: Nicolau Reinhard RESUMO DOI: 10.5700-rausp1206 Em meio a um cenário em que o consumo determina identidades, a marca revela-se um importante signo social, por meio do qual as pessoas podem se expressar.
Por outro lado, com os avanços tecnológicos, os ambientes virtuais têm contribuído para a reunião de pessoas diferentes em torno de interesses comuns, como ocorre nas comunidades virtuais de marcas.
Assume-se a noção de identidade como uma posição caracterizada por um conjunto de significados que insere os...





Documentos relacionados