Aspectos da natalidade no povoamento do centro-oeste paulista, século xix Reportar como inadecuado




Aspectos da natalidade no povoamento do centro-oeste paulista, século xix - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

História São Paulo 2010, 29 2

Autor: Edson FERNANDES

Fuente: http://www.redalyc.org/


Introducción



História (São Paulo) ISSN: 0101-9074 revistahistoria@unesp.br Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Brasil FERNANDES, Edson Aspectos da Natalidade no Povoamento do Centro-Oeste Paulista, Século XIX História (São Paulo), vol.
29, núm.
2, 2010, pp.
233-247 Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho São Paulo, Brasil Disponible en: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=221019007013 Cómo citar el artículo Número completo Más información del artículo Página de la revista en redalyc.org Sistema de Información Científica Red de Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal Proyecto académico sin fines de lucro, desarrollado bajo la iniciativa de acceso abierto FERNANDES, Edson. Aspectos da natalidade no povoamento do centro-oeste paulista, século XIX. Aspectos da natalidade no povoamento do Centro-Oeste Paulista, Século XIX Aspects of the birthrate in Midwestern “Paulista” Settlement, 19th Century Edson FERNANDES• Resumo: Este trabalho aborda aspectos da natalidade num território de fronteira.
A região oeste da Província de São Paulo, em sua área delimitada pelos rios Tietê e Paranapanema, foi a fronteira do povoamento durante boa parte do século XIX.
A análise dos registros paroquiais e cartoriais de Lençóes permitiu traçar aspectos da família nessa região.
Por meio desse estudo, vemos que a ilegitimidade era baixa, menor do que em outras áreas que serviram de parâmetro, contrariando o que poderia se esperar para uma área de fronteira.
Os batismos ocorriam em maior quantidade nos meses finais do ano (novembro e dezembro), seguidos pelo mês inicial, janeiro.
Não havia acentuadas variações sazonais com relação aos batismos, embora os meses de outubro, fevereiro e março fossem aqueles de menor ocorrência.
Enquanto o domingo era o dia preferido pelos pais para esta cerimônia, concentrando aproximadamente um terço delas, sexta-feira era um dia a ser evitado. Palav...





Documentos relacionados