Editorial Reportar como inadecuado




Editorial - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Temas em Psicologia 2013, 21 3

Autor: Maria Cristina Antunes

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=513751772001


Introducción



Temas em Psicologia ISSN: 1413-389X comissaoeditorial@sbponline.org.br Sociedade Brasileira de Psicologia Brasil Antunes, Maria Cristina Editorial Temas em Psicologia, vol.
21, núm.
3, diciembre, 2013 Sociedade Brasileira de Psicologia Ribeirão Preto, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=513751772001 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Temas em Psicologia – 2013, Vol.
21, nº 3 ISSN 1413-389X Editorial Esta edição especial da revista Temas em Psicologia aborda o tema da Aids no momento em que a 4a década da epidemia coloca novos desafios em todo o mundo e, no Brasil, se observa um avanço desnecessário no número de novos casos, especialmente entre a população mais jovem que não vivenciou a “cara da Aids”, o adoecimento e morte rápida de pessoas soropositivas.
Na resposta brasileira à Aids, reconhecida internacionalmente pelo seu caráter inovador, muita experiência foi acumulada no âmbito do Sistema Único de Saúde e da ação comunitária, produzindo-se tecnologia psicossocial de ponta, tanto no campo da prevenção, como no de cuidados à saúde, aconselhamento e adesão ao tratamento. A Psicologia brasileira muito contribuiu nesse processo, pois as abordagens que presumiam que simplesmente disseminar informações sobre os meios de transmissão mostraram-se ineficientes para o controle da infecção pelo HIV, assim como as abordagens individualistas que desconsideravam os aspectos sociais e culturais, como a estigmatização e a discriminação associadas à Aids.
A multidisciplinariedade, a riqueza de diversas metodologias e a integração da pesquisa qualitativa e quantitativa, como se verá neste suplemento, têm sido fundamentais no combate à epidemia.
A fertili...





Documentos relacionados