Sobre o livro comunicação do eu: ètica e solidão Reportar como inadecuado




Sobre o livro comunicação do eu: ètica e solidão - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Revista FAMECOS: mídia, cultura e tecnologia 2005, 26

Autor: Arthur Meucci

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=495550182015


Introducción



Revista FAMECOS: mídia, cultura e tecnologia ISSN: 1415-0549 revistadafamecos@pucrs.br Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Brasil Meucci, Arthur Sobre o livro Comunicação do eu: Ètica e solidão Revista FAMECOS: mídia, cultura e tecnologia, núm.
26, abril, 2005, pp.
127-128 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Porto Alegre, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=495550182015 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto RESENHA Sobre o livro Comunicação do eu: ética e solidão * Arthur Meucci ESPM O QUE É O EU? Existe afinal algum? Há muito a filosofia e os eruditos já tratam do assunto.
Brilhantes cérebros se dedicaram exaustivamente a ele.
Ricas discussões. Pouco consenso.
A linguagem coloquial, por sua vez, nos revela que os profanos do jogo filosófico tampouco abdicaram de meter sua colher na discussão.
Fato que remete essa reflexão para muito além dos muros da academia.
Longe dos feudos universitários, a discórdia insiste em imperar.
Podese supor ao mesmo tempo, sem apego à coerência, um eu definido em definitivo e outro fugaz, que apenas vai deixando de ser.
Assim os chavões “gosto de você como você é” e “você não é mais o mesmo” são anunciados onde houver confidências. Ante tamanha inconclusão, cabe a pergunta: por que raios escrever mais um livro sobre o tema? Prazer de piromaníaco? Satisfação em colocar mais lenha na fogueira? Ou arrogância ingênua em querer buscar soluções para o clássico problema? Nem um, nem outro.
Comunicação do Eu: ética e solidão propõe, para o Eu, uma abordagem original: o viés da comunicação.
Eis a singularidade do livro.
Seu objeto não é propriamente o Eu, mas sua comunica...





Documentos relacionados