Exposição ocupacional com material potencialmente contaminado entre profissionais da área de apoio Reportar como inadecuado




Exposição ocupacional com material potencialmente contaminado entre profissionais da área de apoio - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Anamaria Melo Miranda Paniago ; Adriana Carla Negri ; Olcinei Alves de Oliveira ; Rivaldo Venâncio da Cunha ; Sandra Maria do Valle Leone de Oliveira ;Cogitare Enfermagem 2009, 14 4

Autor: Natasha de Oliveira Morais

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=483648977018


Introducción



Cogitare Enfermagem ISSN: 1414-8536 cogitare@ufpr.br Universidade Federal do Paraná Brasil de Oliveira Morais, Natasha; Melo Miranda Paniago, Anamaria; Negri, Adriana Carla; Alves de Oliveira, Olcinei; da Cunha, Rivaldo Venâncio; do Valle Leone de Oliveira, Sandra Maria EXPOSIÇÃO OCUPACIONAL COM MATERIAL POTENCIALMENTE CONTAMINADO ENTRE PROFISSIONAIS DA ÁREA DE APOIO Cogitare Enfermagem, vol.
14, núm.
4, octubre-diciembre, 2009, pp.
709-713 Universidade Federal do Paraná Curitiba - Paraná, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=483648977018 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 709 EXPOSIÇÃO OCUPACIONAL COM MATERIAL POTENCIALMENTE CONTAMINADO ENTRE PROFISSIONAIS DA ÁREA DE APOIO Natasha de Oliveira Morais1, Anamaria Melo Miranda Paniago2, Adriana Carla Negri3, Olcinei Alves de Oliveira4, Rivaldo Venâncio da Cunha5, Sandra Maria do Valle Leone de Oliveira6 RESUMO: Pesquisa descritiva, quantitativa, que se propôs a levantar a frequência de acidentes ocupacionais, envolvendo materiais biológicos potencialmente contaminados, que ocorreram entre os profissionais que atuam em um hospital de ensino e caracterizar aqueles que acometeram a equipe de higienização e limpeza e lavanderia.
Foram analisadas 238 fichas de investigações de acidentes de trabalho do Serviço de Epidemiologia do período de 2004 a 2009.
Destas, 10,9% (26-239) correspondiam a acidentes ocorridos com profissionais da limpeza hospitalar, 2,5% de profissionais da lavanderia.
Foi predominante o sexo feminino, faixa etária de 30-40 anos, do tipo percutâneo, destacando-se os quirodáctilos como a área corporal mais atingida e o líquido potencialmente contaminado foi o sangue.
Três grandes pilares de assistência d...





Documentos relacionados