A EMIGRAÇÃO NO SEMI-ÁRIDO: UM ESTUDO A PARTIR DA AFETIVIDADE DE JOVENS DO SERTÃO CEARENSE Reportar como inadecuado




A EMIGRAÇÃO NO SEMI-ÁRIDO: UM ESTUDO A PARTIR DA AFETIVIDADE DE JOVENS DO SERTÃO CEARENSE - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

O Ceará, estado situado na área do polígono das secas, tem sua história marcada pela difícil condição climática àqual grande parte da sua população rural está submetida e pelas estratégias de sobrevivência desenvolvidas por estapara resistir aos impactos causados pelas variações climáticas, principalmente no sertão semi-árido. Apresenta-senesta pesquisa uma proposta de investigação sobre emigração, destacando a importância do estudo da afetividadepara a compreensão das relações sociais, tendo como objetivo investigar os afetos que marcam a relação de jovens dosertão semi-árido nordestino com seu entorno e com sua decisão entre emigrar ou não, através do estudo daafetividade, que pode nos mostrar, segundo Sawaia (1999), uma nova forma de compreensão da desigualdade e dadialética inclusão/exclusão social. A pesquisa foi realizada em três escolas públicas localizadas na sede do municípiode Tauá-CE. A amostra dos sujeitos se constituiu de jovens que estivessem cursando o último ano do ensino médio,fossem maiores de 18 anos, devendo também ser composta de moradores tanto da sede como das comunidades ruraisdo município e de ambos os sexos. Para a apreensão dos afetos, foi utilizada o método dos mapas afetivos(Bomfim,2003). A análise dos dados foi feita de forma qualitativa através da análise de conteúdo e contou com umaanálise estatística complementar. Observou-se que a decisão de emigrar sofre a influência de fatores bastantesubjetivos, sendo a relação afetiva com a cidade importante nessa decisão, pois as pessoas que apresentam umaestima mais negativa em relação à sua comunidade estão mais propensas à emigração. Entre os grupos, notou-se queas mulheres e os jovens maiores de 21 anos têm maior tendência à migração. A importância do estudo se deve aofato de que, através da compreensão de como a juventude é afetada emocionalmente pelas contingências sociais,pode-se inferir sobre as ações éticas desses jovens, ações estas que ocasionam a manutenção da realidade existenteou a transformação da mesma.

Keywords: emigração ; semi-árido ; juventude ; afetividade.

Subject(s): Labor and Human Capital

Public Economics

Issue Date: 2006

Publication Type: Conference Paper/ Presentation

PURL Identifier: http://purl.umn.edu/149589

Total Pages: 21

Record appears in: Sociedade Brasileira de Economia, Administracao e Sociologia Rural (SOBER) > 44th Congress, July 23-27, 2006, Fortaleza, Ceará, Brazil





Autor: Ferreira, Karla Patrícia Martins ; Santos, Adna Oirideia Rabelo dos ; Bomfim, Zulmira Áurea Cruz

Fuente: http://ageconsearch.umn.edu/record/149589?ln=en



DESCARGAR PDF




Documentos relacionados