Uso do quiabo abelmoschus esculentus como floculante na desestabilização de emulsões óleo-água Reportar como inadecuado




Uso do quiabo abelmoschus esculentus como floculante na desestabilização de emulsões óleo-água - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

A. C. SILVA ; A. S. RIBEIRO ; S. H. CRUZ ;HOLOS 2014, 3

Autor: E. M. S. SILVA

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=481547172031


Introducción



HOLOS ISSN: 1518-1634 holos@ifrn.edu.br Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Brasil SILVA, E.
M.
S.; SILVA, A.
C.; RIBEIRO, A.
S.; CRUZ, S.
H. USO DO QUIABO (ABELMOSCHUS ESCULENTUS) COMO FLOCULANTE NA DESESTABILIZAÇÃO DE EMULSÕES ÓLEO-ÁGUA HOLOS, vol.
3, 2014, pp.
256-263 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Natal, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=481547172031 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto SILVA ET AL.
(2014) USO DO QUIABO (ABELMOSCHUS ESCULENTUS) COMO FLOCULANTE NA DESESTABILIZAÇÃO DE EMULSÕES ÓLEO-ÁGUA E.
M.
S.
SILVA¹, A.
C.
SILVA², A.
S.
RIBEIRO³ e S.
H.
CRUZ4 Universidade Federal de Goiás.
andrecarlos@catalao.ufg.br 2 Universidade Federal de Goiás.
elenice@catalao.ufg.br 3 Bolsista PIVIC graduando em Engenharia de Minas, Campus Catalão, UFG.
andrer8@gmail.com 4 Bolsista PIVIC graduando em Engenharia de Minas, Campus Catalão, UFG.
santiago-eng@hotmail.com.br 1 Artigo submetido em novembro-2013 e aceito em julho-2014 DOI: http:--dx.doi.org-10.15628-holos.2014.1774 RESUMO O presente artigo visa apresentar os resultados da utilização do quiabo (Abelmoschus Esculentos) como floculante no processo de desestabilização de emulsões do tipo óleo em água, sendo estas emulsões produzidas industrialmente no setor mineiro-metalúrgico.
Vários problemas ambientais podem ser gerados por emulsões óleo em água, uma vez que este tipo de emulsão reduz a oxigenação dos corpos d’água, acarretando, assim, um intenso desequilíbrio ambiental.
Utilizando-se quiabos que seriam posteriormente descartados por não apresentarem mais utilidade à alimentação humana buscou-se, além do de...





Documentos relacionados