Comparações entre práticas educativas de professores, habilidades sociais e problemas de comportamento de alunos Reportar como inadecuado




Comparações entre práticas educativas de professores, habilidades sociais e problemas de comportamento de alunos - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Alessandra Turini Bolsoni-Silva ;Estudos e Pesquisas em Psicologia 2016, 16 1

Autor: Marília Mariano

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=451846425009


Introducción



Estudos e Pesquisas em Psicologia E-ISSN: 1808-4281 revispsi@gmail.com Universidade do Estado do Rio de Janeiro Brasil Mariano, Marília; Turini Bolsoni-Silva, Alessandra Comparações entre práticas educativas de professores, habilidades sociais e problemas de comportamento de alunos Estudos e Pesquisas em Psicologia, vol.
16, núm.
1, enero-abril, 2016, pp.
140-160 Universidade do Estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=451846425009 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO Comparações entre práticas professores, habilidades sociais comportamento de alunos educativas e problemas de de Comparisons between teachers’ educational practices, social skills and students’ problem behavior Comparaciones entre prácticas educativas de profesores, habilidades sociales y conducta problema de alumnos Marília Mariano* Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - UNESP, Bauru, São Paulo, Brasil Alessandra Turini Bolsoni-Silva** Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - UNESP, Bauru, São Paulo, Brasil RESUMO As interações sociais que ocorrem no ambiente escolar podem favorecer ou prejudicar o desenvolvimento acadêmico e comportamental.
Objetivou-se neste estudo comparar práticas educativas de professores e comportamentos infantis, de crianças diferenciadas por indicadores diagnósticos de problemas de comportamento (grupos clínicos e não clínicos para problemas de comportamento), pela escolaridade (pré-escolares e escolares) e sexo.
A amostra foi composta por 283 crianças e seus professores da rede pública de ensino, que responderam questionários e entrevista semiestruturada...





Documentos relacionados