Avaliação da capacidade de combinação de famílias s2 de milho-pipoca por meio de diferentes testadores Reportar como inadecuado




Avaliação da capacidade de combinação de famílias s2 de milho-pipoca por meio de diferentes testadores - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Carlos Alberto Scapim ; Antonio Teixeira do Amaral Júnior ; Marcos de Araújo Rodovalho ; Rafael Augusto Vieira ; Adilson Ricken Schuelter ;Semina: Ciências Agrárias 2012, 33 3

Autor: Rafael Reccanello Barreto

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=445744113003


Introducción



Semina: Ciências Agrárias ISSN: 1676-546X semina.agrarias@uel.br Universidade Estadual de Londrina Brasil Reccanello Barreto, Rafael; Scapim, Carlos Alberto; Teixeira do Amaral Júnior, Antonio; de Araújo Rodovalho, Marcos; Vieira, Rafael Augusto; Ricken Schuelter, Adilson Avaliação da capacidade de combinação de famílias S2 de milho-pipoca por meio de diferentes testadores Semina: Ciências Agrárias, vol.
33, núm.
3, mayo-junio, 2012, pp.
873-890 Universidade Estadual de Londrina Londrina, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=445744113003 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto DOI: 10.5433-1679-0359.2012v33n3p873 Avaliação da capacidade de combinação de famílias S2 de milhopipoca por meio de diferentes testadores Evaluation of the combining ability of S2 popcorn families using different testers Rafael Reccanello Barreto1; Carlos Alberto Scapim2*; Antonio Teixeira do Amaral Júnior3; Marcos de Araújo Rodovalho4; Rafael Augusto Vieira5; Adilson Ricken Schuelter1 Resumo O objetivo deste trabalho foi comparar três testadores para a discriminação e avaliação da capacidade combinatória de 49 famílias S2, oriundas do híbrido de milho-pipoca IAC 125.
As famílias foram avaliadas por seu desempenho per se e em seus cruzamentos com os testadores BRS ANGELA, IAC 125 e Linhagem 3.3.
O experimento foi conduzido em látice simples, em Maringá, PR, no ano agrícola 2007-2008.
Os parâmetros genéticos e fenotípicos de capacidade de expansão e rendimento de grãos foram obtidos e comparados entre si por meio das estimativas procedentes das progênies obtidas, isto é, dos topcrosses com cada testador e das famílias S2 per se.
As capacidades geral e específica de combinação foram...





Documentos relacionados