Resistência antimicrobiana nos animais e no ser humano. há motivo para preocupação? Reportar como inadecuado




Resistência antimicrobiana nos animais e no ser humano. há motivo para preocupação? - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Cláudia Maria Dantas de Maio Carrilho ;Semina: Ciências Agrárias 2012, 33 2

Autor: Mônica Vicky Bahr Arias

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=445744112039


Introducción



Semina: Ciências Agrárias ISSN: 1676-546X semina.agrarias@uel.br Universidade Estadual de Londrina Brasil Bahr Arias, Mônica Vicky; Dantas de Maio Carrilho, Cláudia Maria Resistência antimicrobiana nos animais e no ser humano.
Há motivo para preocupação? Semina: Ciências Agrárias, vol.
33, núm.
2, abril, 2012, pp.
775-790 Universidade Estadual de Londrina Londrina, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=445744112039 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto REVISÃO - REVIEW DOI: 10.5433-1679-0359.2012v33n2p775 Resistência antimicrobiana nos animais e no ser humano. Há motivo para preocupação? Antimicrobial resistance in animals and in human being. There is reason for concern? Mônica Vicky Bahr Arias1*; Cláudia Maria Dantas de Maio Carrilho2 Resumo A resistência aos agentes antimicrobianos tornou-se uma das principais preocupações para a saúde humana, mas também está se tornando problema em medicina veterinária.
Os antimicrobianos são usados mundialmente para tratamento e profilaxia de doenças infecciosas em animais de produção, equinos e animais de companhia e como promotores de crescimento.
Em muitos estudos observou-se que o uso de antimicrobianos em animais contribuiu para o desenvolvimento de resistência antimicrobiana em humanos, pois muitas classes de antimicrobianos usadas em animais também são empregadas em seres humanos para tratar doenças graves, ocorrendo falha terapêutica, devido à transferência de bactérias resistentes pela cadeia alimentar.
Alguns autores questionam se este risco para a saúde pública originouse somente do uso de antimicrobianos em animais, visto que estas substâncias são usadas na agricultura e também são encontradas naturalme...





Documentos relacionados