Caso alóctone de leishmaniose visceral canina, no município de campo mourão, paraná, brasil Reportar como inadecuado




Caso alóctone de leishmaniose visceral canina, no município de campo mourão, paraná, brasil - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Andressa Aparecida Macedo ; Ludmila Rodrigues Moroz ; Roberta Ribeiro Fernandes ; Sabrina Marin Rodigheri ; Ana Amélia Domingues Gomes ;Semina: Ciências Agrárias 2012, 33 2

Autor: Alexandre Redson Soares da Silva

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=445744112037


Introducción



Semina: Ciências Agrárias ISSN: 1676-546X semina.agrarias@uel.br Universidade Estadual de Londrina Brasil Soares da Silva, Alexandre Redson; Macedo, Andressa Aparecida; Rodrigues Moroz, Ludmila; Ribeiro Fernandes, Roberta; Marin Rodigheri, Sabrina; Domingues Gomes, Ana Amélia Caso alóctone de leishmaniose visceral canina, no município de Campo Mourão, Paraná, Brasil Semina: Ciências Agrárias, vol.
33, núm.
2, abril, 2012, pp.
769-774 Universidade Estadual de Londrina Londrina, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=445744112037 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto DOI: 10.5433-1679-0359.2012v33n2p769 Caso alóctone de leishmaniose visceral canina, no município de Campo Mourão, Paraná, Brasil Allochthonous case of visceral canine leishmaniasis in Campo Mourão, Parana, Brazil Alexandre Redson Soares da Silva1*; Andressa Aparecida Macedo2; Ludmila Rodrigues Moroz3; Roberta Ribeiro Fernandes4; Sabrina Marin Rodigheri5; Ana Amélia Domingues Gomes6 Resumo O presente relato tem por objetivo descrever o primeiro caso alóctone de leishmaniose visceral (LV) no município de Campo Mourão, Paraná, Brasil, em um canino, da raça Boxer, apresentando lesões oculares e cutâneas, linfoadenomegalia e esplenomegalia, atendido no Hospital Veterinário da Faculdade Integrado de Campo Mourão, após ter residido na cidade de Campo Grande, Mato Grosso do Sul.
O diagnóstico da enfermidade baseou-se na observação direta de formas amastigotas de Leishmania spp., em linfonodos poplíteos, sugerindo ser um caso de LV, uma vez que o animal era proveniente de área endêmica para a enfermidade.
A migração de cães infectados de regiões endêmicas para áreas indenes torna-se um problema para a saú...





Documentos relacionados