O ensino público no olhar das elites escolares: representações sociais dos agentes educativos de dois colégios privados Reportar como inadecuado




O ensino público no olhar das elites escolares: representações sociais dos agentes educativos de dois colégios privados - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Sociologia: Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto 2015, XXX

Autor: Maria Luísa Quaresma

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=426543387003


Introducción



Sociologia: Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto ISSN: 0872-3419 revistasociologia@letras.up.pt Universidade do Porto Portugal Quaresma, Maria Luísa O ensino público no olhar das elites escolares: representações sociais dos agentes educativos de dois colégios privados Sociologia: Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, vol.
XXX, 2015, pp. 55-74 Universidade do Porto Porto, Portugal Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=426543387003 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Quaresma, Maria Luísa – O ensino público no olhar das elites escolares: representações sociais dos agentes educativos. Sociologia, Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Vol.
XXX, 2015, pág.
55 - 74 O ensino público no olhar das elites escolares: representações sociais dos agentes educativos de dois colégios privados Maria Luísa Quaresma Universidad Autónoma de Chile – Instituto de Estudios Sociales y Humanísticos, Facultad de Ciencias Sociales y Humanidades e Instituto de Sociologia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto Resumo Este artigo analisa as representações sociais sobre a escola pública partilhadas pelos agentes educativos de dois prestigiados colégios de Lisboa.
Os discursos de diretores, professores, alunos e pais (recolhidos mediante entrevistas individuais e de grupo) permitem concluir que o ensino oficial é alvo de olhares estereotipados de pendor desvalorizante, em contraposição com o ensino privado.
Ausência de enquadramento organizacional, de identidade institucional, de cultura de rigor e de sentido de “segunda família”, aliada à indisciplina, caracterizam, na sua opinião, a escola pública de hoje. Palavras chave: ...





Documentos relacionados