O estado que temos e os turnos que quetemos. contribuição para posicionamento com os novos governos: federal e estaduais Reportar como inadecuado




O estado que temos e os turnos que quetemos. contribuição para posicionamento com os novos governos: federal e estaduais - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Saúde em Debate 2010, 34 87

Autor: Nelson Rodrigues dos Santos

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=406341768003


Introducción



Saúde em Debate ISSN: 0103-1104 revista@saudeemdebate.org.br Centro Brasileiro de Estudos de Saúde Brasil Rodrigues dos Santos, Nelson O Estado que temos e os turnos que quetemos.
Contribuição para posicionamento com os novos governos: federal e estaduais Saúde em Debate, vol.
34, núm.
87, octubre-diciembre, 2010, pp.
616-630 Centro Brasileiro de Estudos de Saúde Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=406341768003 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 616 DEBA!E I DtBA11:; o Estado que temos e os turnos que quetemos. Contribuição para posicionamento com os novos governos: federal e estaduais lhe State lOe have and the courSfS lOe UJllnt. Contribution positioning to new govemments: federal and state Nelson Rodrigues dos Samos I M-mhm Ia lirclO.ia lo CI:BE5; COll uhor do CO,,=01 ; RESUMO Dentre os obs-dculos à implementação do SUS que se tomaram -.--id~JU~ do l li. ,,~hon -,@lfem.uníc.:lml.hr 1 vúiveú -lOS seuJ 20 aIlOS, o fil-m-damemo, a relaçiio público-privaM e o gerendamento público da preslação de serviços, cujos desvios de rumos crê refletir o colljUlll0, o autor propóe medidtlS concretllJ de retomada de rnmos. A seguir, conrextualiw a po1ftiCtl pública de saúde dominante, no limite da sua vivênda e reflexões acumuladas em militância nessa pol-tica pública, convidando, por isso, à continuidade do debate. PAlAVRAS-CHAVE: Política de Saúde; Políticas Públicas; Rumos do SUS. ABSTRACT Among rlJe obstac-es to imp-ement the Braziliall Unified Het1It-J Sysrem (.5 US, auonyms in Porruguese), w-JicIJ halle became vúible -hroughout Ífs 20 years, fil-and-lg.
public-private relatio-lsbip, and public managemelll of lhe provisiol...





Documentos relacionados