Vivências da sexualidade em adolescentes quilombolas Reportar como inadecuado




Vivências da sexualidade em adolescentes quilombolas - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Kalina Vanderlei Silva ;Saúde em Debate 2011, 35 89

Autor: Emília Santiago Silvério

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=406344813012


Introducción



Saúde em Debate ISSN: 0103-1104 revista@saudeemdebate.org.br Centro Brasileiro de Estudos de Saúde Brasil Santiago Silvério, Emília; Vanderlei Silva, Kalina Vivências da sexualidade em adolescentes quilombolas Saúde em Debate, vol.
35, núm.
89, abril-junio, 2011, pp.
272-280 Centro Brasileiro de Estudos de Saúde Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=406344813012 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Artigo Original • Original Article Vivências da sexualidade em adolescentes quilombolas Experiences of sexuality in quilombola adolescents Emília Santiago Silvério1, Kalina Vanderlei Silva2 Mestranda em Hebiatria pela Faculdade de Odontologia da Universidade de Pernambuco (UPE). emilia.silverio@uol.com.br 1 Doutora em História pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); Professora Adjunta do Programa de Pós-Graduação em Hebiatria da UPE. kalinavan@uol.com.br 2 RESUMO O objetivo deste trabalho foi conhecer os aspectos vivenciados da sexualidade entre adolescentes de 12 a 17 anos.
Estudo qualitativo com técnica de grupo focal com 16 adolescentes quilombolas do Município de Garanhuns, Pernambuco.
Os resultados revelam a necessidade de ações de saúde voltadas à singularidade desse grupo a fim de instrumentalizá-los a ter responsabilidade nas decisões sobre a sexualidade.
As questões de gênero mostram-se imprescindíveis à compreensão dos processos de construção dos sujeitos sociais, havendo interferências das relações de gênero nas decisões dos adolescentes acerca da sexualidade.
Essa estratégia incentiva a participação dos mesmos nos serviços de saúde. PALAVRAS-CHAVE: Grupo com ancestrais do Continente Africano; Sexualidade; Saúde do adole...





Documentos relacionados