O debate e a ação sobre os determinantes sociais da saúde. posição dos movimentos sociais Reportar como inadecuado




O debate e a ação sobre os determinantes sociais da saúde. posição dos movimentos sociais - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Saúde em Debate 2011, 35 90

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=406341766020


Introducción



Saúde em Debate ISSN: 0103-1104 revista@saudeemdebate.org.br Centro Brasileiro de Estudos de Saúde Brasil o Debate e a Ação sobre os Determinantes Sociais da Saúde.
Posição dos Movimentos Sociais Saúde em Debate, vol.
35, núm.
90, julio-septiembre, 2011, pp.
496-498 Centro Brasileiro de Estudos de Saúde Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=406341766020 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto DOCUMENTOS • OOCUMENTS o Debate e a Ação sobre os Determinantes Sociais da Saúde Posição dos Movimentos Sociais As organizações e os movimentos sociais, frente à crise de múltiplas dimensões que vem afetando todo o mundo, ptopõem, por meio deste documento, algumas idéias para contribuir com O debate sobre os determinantes sociais da saúde. Em vista de que não tivemos espaço para nos expressarmos durante a Conferência Mundial sobre Determinantes Sociais da Saúde por causa do seu formato, queremos resumir nossa posição por meio desse texto. Nós estimamos a iniciativa do Governo e do povo brasileito em promover e financiar essa Conferência, em concordância com O seu compromisso pelo direito a saúde.
Todavia, devemos discutir soluções reais para a precária, e vergonhosamente desigual situação sócio-sanitária que caracteriza o panorama mundial; e encontrar as pontes para unirmos, governos e movimentos sociais, pela vida e pela saúde. Quase todos os países da América Latina, por mais de duas décadas, tem sido objeto de insustentáveis experimentos neoliberais com terríveis conseqüências para a qualidade de vida da populaçãO.
Hoje, cresce o sentimento de indignação e protesto em outros povos do mundo que estão sendo vítimas de medidas similares....





Documentos relacionados