Peso insuficiente ao nascer: estudo de fatores associados em duas coortes de recém-nascidos em ribeirão preto, são paulo Reportar como inadecuado




Peso insuficiente ao nascer: estudo de fatores associados em duas coortes de recém-nascidos em ribeirão preto, são paulo - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Melina Andrade Mattar ; Viviane Cunha Cardoso ; Marco Antonio Barbieri ; Luiz Antonio Del Ciampo ; Heloisa Bettiol ;Revista Paulista de Pediatria 2008, 26 1

Autor: Veidson Marcelo Azenha

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=406038924005


Introducción



Revista Paulista de Pediatria ISSN: 0103-0582 rpp@spsp.org.br Sociedade de Pediatria de São Paulo Brasil Azenha, Veidson Marcelo; Andrade Mattar, Melina; Cunha Cardoso, Viviane; Barbieri, Marco Antonio; Del Ciampo, Luiz Antonio; Bettiol, Heloisa Peso insuficiente ao nascer: estudo de fatores associados em duas coortes de recémnascidos em Ribeirão Preto, São Paulo Revista Paulista de Pediatria, vol.
26, núm.
1, marzo, 2008, pp.
27-35 Sociedade de Pediatria de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=406038924005 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Artigo Original Peso insuficiente ao nascer: estudo de fatores associados em duas coortes de recém-nascidos em Ribeirão Preto, São Paulo Insufficient birth weight: factors associated in two cohorts of newborns in Ribeirão Preto, São Paulo, Brazil Veidson Marcelo Azenha1, Melina Andrade Mattar2, Viviane Cunha Cardoso3, Marco Antonio Barbieri4, Luiz Antonio Del Ciampo4, Heloisa Bettiol4 RESUMO Objetivo: Avaliar fatores associados ao aumento das taxas de peso insuficiente (PI) em duas coortes de recém-nascidos (RN) vivos e de parto único de Ribeirão Preto, São Paulo, separadas por 15 anos (1978-79 e 1994). Métodos: Foram estudados 6.223 partos em 1978-79 e 2.522 em 1994, excluindo-se os RN de baixo peso.
Associação entre PI e variáveis independentes (idade, trabalho, escolaridade e tabagismo maternos, abortos e natimortos prévios, número de filhos, situação conjugal, visitas de prénatal, tipo de parto e hospital, categoria de internação, renda familiar, idade gestacional e sexo do RN) foi analisada por cálculo da Odds Ratio (OR) bruto e intervalo de confiança 95%, seguida de regressão logística múltipl...





Documentos relacionados